FOTO: TV Santa Cruz

O dono de uma loja de material de construção foi preso durante uma operação da Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (13), no município de Itabuna, no sul da Bahia. Conforme a polícia, seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

No estabelecimento, a polícia apreendeu seis máquinas de lavar roupas, uma máquina de fazer gelo, celulares, relógios e uma CPU de um computador, na loja de materiais de construção e na casa de José Luis Andrade.

Segundo informações da Polícia Civil, José Luis Andrade é o suspeito de comandar um grupo que fraudou mais de R$ 5 milhões em compras de cargas de celulares e eletrodomésticos nos últimos dois anos. O grupo atuava nos municípios de Itabuna, Feira de Santana e Vitória da Conquista, usava o CNPJ de outras empresas para efetuar a compra e mandava caminhão para buscar produtos.

“Eles utilizavam o CNPJ de uma empresa qualquer, geralmente das cidades de Salvador ou Feira de Santana, e, com esse CNPJ, eles se passavam por funcionários dessas empresas para efetuar compras. Só que eles enviavam um caminhão para buscar a compra no estado de São Paulo”, explicou o delegado Gustavo Coutinho.

De acordo com o delegado, a loja do suspeito preso, que fica no bairro de Fátima, era investigada há mais de um ano por agentes da Delegacia de Repressão a Roubo de Carga (DECARG).

“Em uma dessas ações, o caminhoneiro da Bahia sofreu um pequeno acidente. Ele foi obrigado a mostrar os documentos verdadeiros, aí que nós descobrimos a fraude e que a carga ia parar aqui em Itabuna”, explicou o delegado.