Protestos ocorreram na manhã desta quinta-feira

Indígenas da tribo Tupinambá, do distrito de Olivença, em Ilhéus, no sul da Bahia, fecharam um trecho da BA-001, na mesma região, para protestar contra a transferência da Fundação Nacional do Índio (Funai) do Ministério da Justiça para o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

A manifestação começou, por volta das 5h, na altura do km 28, e faz parte de uma mobilização nacional. A via foi liberada após as 11h. Os indígenas protestaram também contra a transmissão para o Ministério da Agricultura dos serviços de demarcação das terras indígenas.

Os manifestantes impediram a passagem de veículos na rodovia com galhos de árvores. Os índios exigem também da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) a instalação de faixas de pedestres, placas e quebra-molas na pista da BA-001, além de redutores de velocidade. Eles reclamam que, em menos de um mês, dois moradores do distrito de Olivença morreram atropelados no local.

Em nota, a Seinfra informou que um engenheiro vai ao local nos próximos dias fazer uma inspeção para verificar a viabilidade técnica de instalação de outros redutores de velocidade no trecho da BA-001.

Conforme a secretaria, na região citada pelos índios já existe um redutor instalado. A Seinfra informou, também, que vai fazer o reforço da sinalização, que envolve pintura de faixa de pedestres no mês de fevereiro.