Atlântico e Vitória se classificam e Jacobina ainda têm chances remotas.

Depois de um começo ruim quando perdeu na estreia para a Desportiva Ferroviária-ES pelo placar de 2 x 1, o Esporte Clube Vitória se recuperou plenamente na Copa de São Paulo de Futebol Júnior. Na sequência da competição, o time baiano venceu o Grêmio Novorizontino-SP pelo placar mínimo e na tarde desta quarta-feira, precisando apenas de um simples empate encarou a Agrícola União Barbarense (SP), no Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara do Oeste e venceu pelo placar de 1 x 0. Edson Júnior marcou o único gol do jogo aos 41 minutos do segundo tempo.

Desta forma o Leão avança para a fase do mata-mata em segundo lugar do grupo 14 com seis pontos, atrás da Desportiva Ferroviária-ES que com 100% de aproveitamento liderou o grupo com tranquilidade. O Leão vai enfrentar o Palmeiras na próxima fase.

O Atlântico foi outro baiano a garantir a vaga no mata-mata. O Tubarão estreou com triunfo na Copa São Paulo e venceu por 2 a 0 do América-MG. Na segunda rodada, o Atlântico perdeu para o São Carlos FL-SP por 2 a 1.  O Atlântico garantiu a classificação ao vencer o Criciúma na terça-feira (8), por 3 a 1 e ficou ainda com o primeiro lugar do grupo. Na próxima fase o time baiano enfrenta o Botafogo-RJ.

O Bahia por sua vez fracassou no grupo 12. Chegando na última rodada precisando vencer os donos da casa, o tricolor ficou só no empate com o Taquatiringa e foi eliminado ficando em terceiro lugar no grupo com apenas 5 pontos.

Vitória da Conquista foi outro a dar adeus na fase de grupos, após derrotas por 2 a 0 para o Vocem – SP e por 1 a 0 para o Sport, o Bode se despediu com um empate em 1 a 1 com o FF Sports – AL ficando com apenas 1 ponto no grupo 4.

O Jacobina por sua vez ainda sonha com a possibilidade de classificação, mesmo que remota. O time joga nesta quinta-feira (10) contra o Agua Santa (com transmissão da FPF TV via Youtube) e precisa golear os donos da casa e torcer por uma goleada do Atletico MG em cima do Aquidauanense para se classificar. Essa situação se dá pelo motivo de o Jacobina estar na lanterna sem pontuar e com saldo negativo de 7, enquanto o Agua Santa (1 gol de saldo) e o Aquidauanense (0 gols de saldo) brigam pela segunda vaga e estão com apenas 3 pontos. Primeiro colocado do grupo, o galo está praticamente classificado com 6 pontos e 6 gols de saldo positivo.