Alistamento Militar é obrigatório para todos os jovens do sexo masculino ou homens trans nascidos em 2001

O alistamento militar obrigatório para os jovens brasileiros do sexo masculino e homens trans, em 2019, poderá ser feito no período de 2 de janeiro a 30 de junho, para os cidadãos nascidos no ano de 2001. Em Ilhéus, o alistamento é realizado no escritório da Junta do Serviço Militar, localizado no SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão), na Rua Eustáquio Bastos, 308, sala 12, centro da cidade.

O alistamento militar é um processo importante para o recrutamento de pessoal para o exército brasileiro e é obrigatório para todo cidadão com idade igual ou superior a 18 anos. São documentos necessários ao procedimento: comprovante de residência, carteira de identidade ou certidão de Nascimento ou carteira de trabalho e CPF (Certidão de Pessoa Física).

De acordo com o secretário da Junta do Serviço Militar em Ilhéus, Adailson Ricardo de Jesus Arcanjo, o horário de atendimento é das 7 às 12 e das 13 às 15h30min, de segunda a sexta-feira. Ele informa que o procedimento pode ser feito também através do site www.alistamento.eb.mil.br.

Pela internet, é preciso apenas preencher o formulário de alistamento e informar o número do CPF para validação dos seus dados pessoais. Quem não tem CPF deve levar os seguintes documentos a uma junta de serviço militar: certidão de nascimento ou, no caso de brasileiro naturalizado ou por opção, a prova de naturalização ou certidão do termo de opção (prova equivalente); comprovante de residência ou declaração assinada; e um documento oficial com fotografia (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira profissional, passaporte, carteira de identificação funcional ou outro documento público) que permita sua identificação, caso necessário.

Os jovens que não fizerem o alistamento no período de 2 de janeiro a 30 de junho estarão sujeitos ao pagamento de multa e a outras sanções, como, por exemplo, não poder requerer passaporte ou ocupar cargos públicos. A estimativa é de que cerca de cinco mil jovens compareçam para o alistamento militar em Ilhéus.