Hernani Lopes de Sá, formador de opinião e bacharel em Direito.

Orgulho de fazer parte de um povo que deixou de ser chacota internacional para ser modelo de comportamento social, que vem sendo imitado pelo país que mais influenciou o mundo com revolução de ideias.

Antes mesmo da Revolução Francesa, o Iluminismo quebrou paradigmas econômicos, sociais e políticos! Com a Declaração do Homem e do Cidadão, aprovada em assembleia na primeira fase da Revolução Francesa, que tornou a França uma Monarquia Constitucional, foram consolidadas as ideias de “liberdade, igualdade e fraternidade”. Foram essas ideias que permitiram a libertação dos escravos do Haiti, que também influenciaram o Brasil na Revolta dos Alfaiates, também conhecida por “Conjuração Baiana”, em defesa da independência, do fim da escravidão e de um governo Republicano e Democrático.

No ano de 2018, o Brasil viu a maior manifestação contra os preços abusivos dos combustíveis, com a greve dos camioneiros, enfrentando a política federal do monopólio do petróleo, conseguindo a redução do preço do óleo diesel, mas não houve sucesso nas negociações com o governo federal em relação ao preço dos demais combustíveis.

Pois bem… se não foi possível mudar a política abusiva dos preços e dos impostos exagerados, o povo resolveu a raiz do problema, trocando o PRESIDENTE DA REPÚBLICA, ao eleger Jair Bolsonaro. Agora vemos algo parecido acontecer na França! Os chamados “Coletes Amarelos” imitando as ações do povo brasileiro, contra os preços abusivos dos combustíveis, movimento conduzido por motoristas franceses que iniciou por melhores preços no combustíveis, mas agora luta para depor o presidente Emmanuel Macron. Texto de Hernani Lopes Sá, formador de opinião e bacharel em Direito.