Sensação de insegurança entre os estudantes da UESC

Na tarde de hoje (21) circulou pelas redes sociais as fotos de um grupo de indivíduos que teriam assaltado uma estudante da UESC na guarita de entrada e depois fugiram para a área dentro da instituição. Dois dos assaltantes foram capturados pela 70ª CIPM. O assalto teria acontecido pela manhã por volta das 9 horas.

Esta não é a primeira ocorrência policial envolvendo estudantes da UESC nestes últimos dias, em cerca de uma semana uma estudante afirmou em redes sociais ter sido assaltada por um indivíduo dentro da área da Universidade no período da noite.

 

Dois dos assaltantes foram presos após a ocorrência de hoje (21)

A insegurança é constante para os estudantes, principalmente do turno da noite. A falta de proteção faz com que os alunos aguardem os ônibus do outro lado da rua, próximos a guarita da entrada, com medo de serem assaltados como já aconteceu diversas vezes ao longo do ano de 2018.

Dentro dos ônibus a preocupação também é constante, pelo menos 4 ocorrências de assaltos aos veículos da linha Terminal/Salobrinho aconteceram e foram registradas aqui mesmo no Ilhéus 24h nos últimos meses. A polícia se desdobra para tentar conter as ações criminosas no bairro do Salobrinho, mas as medidas não tem se mostrado eficazes. A comunidade acadêmica teme pelo bem estar dos estudantes e aguarda uma postura mais eficiente dos órgãos responsáveis da segurança pública.