FOTO: Divulgação

A notícia do cancelamento do concurso da Alba não deve ser motivo de desestímulo para ninguém. Até porque estão previstas a abertura de mais de 280 mil vagas em novos concursos em nível nacional previstos para o final deste ano ou até o primeiro semestre de 2019. 

Entre eles merecem destaque as seleções para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes(DNIT), do IBGE, INSS, TRT, com vagas para os níveis médio e superior; e do da PRF, com possibilidade de lançamento de edital até a próxima semana. Também são aguardados vários concursos municipais para os primeiros meses de 2019. 

Enquanto as definições não ocorrem, a orientação do advogado e coach de concursos André Malheiros é a de se aprofundar nos estudos, encarando a rotina de preparação como um trabalho com planejamento e rotinas bem definidas e cumpridas com o maior rigor.  
“Hoje, a preparação é profissionalizada, por isso mesmo, o concurseiro precisa se preparar como se estivesse no ambiente de trabalho, sem faltar nenhum dia”, sugere. 

O professor também lembra que as seleções de cada uma dessas carreiras costuma cobrar do futuro servidor o conhecimento que ele executará nas suas funções, por isso mesmo, é importante realizar um estudo direcionado em disciplinas específicas. “Quem fizer o concurso para o INSS, por exemplo, precisa focar em Direito Previdenciário. O concurso para a PRF exigirá conhecimento na legislação de trânsito e no poder de polícia do Estado”, esclarece. Malheiros destaca que questões sobre Direito Constitucional e Administrativo têm aparecido constantemente, exigindo que os candidatos se debrucem sobre essas duas disciplinas com mais afinco.

FONTE: Correio da Bahia