Os 12 produtos alimentares (feijão, arroz, farinha de mandioca, pão, carne, leite, açúcar, banana, óleo de soja, manteiga, tomate e café) e suas respectivas quantidades, passou a custar R$337,70 no mês de outubro na cidade de Ilhéus, um aumento de 10,77% em relação ao mês anterior.

Dos 12 produtos que compõem a cesta básica, oito itens aumentaram de preço: tomate (88,70%), banana da prata (12,58%), feijão (5,99%), farinha de mandioca (4,29%), carne (2,78%), óleo de soja (1,92%), pão (1,27%) e leite (0,58%). Em contrapartida, diminuiu o preço dos seguintes itens: manteiga (4,73%), arroz (2,36%), açúcar (1,67%) e café (0,35%).

Em outubro, o tempo de trabalho despendido para se obter a cesta básica em Ilhéus foi de 84 horas e 38 minutos, um comprometimento de 38,48% da renda – para um trabalhador que recebe um salário mínimo líquido de R$877,68, descontando-se 8% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$954,00 – para adquirir os 12 itens da cesta. Fonte: Projeto de extensão Acompanhamento de Custo da Cesta Básica – ACCB/UESC.