Divulgação SECOM PMI

A I Roda de Conversa pelo Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doença Falciforme acontece em Ilhéus, no próximo dia 26 de outubro, das 14 às 17 horas, no auditório do Núcleo Regional de Saúde (antiga 6ª DIRES), localizado na Avenida Canavieiras, centro da cidade.

O evento é promovido pela Associação de Pessoas com Doença Falciforme (APEDF) e pela Clínica Municipal de Atendimento Especializado (CMAE) da secretaria de Saúde da Prefeitura de Ilhéus.

O acontecimento antecede ao transcurso do Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doença Falciforme, 27, e contará com a participarão de representantes do serviço Transporte Fora de Domicílio (TFD), da Previdência Social e da coordenação do Passe Livre, dos Programas Melhor em Casa e Minha Casa Minha Vida, além de membros do controle social e  familiares dos pacientes.

 O objetivo deste encontro é proporcionar aos membros da Associação de Pessoas com Doença Falciforme e seus familiares um momento para melhor conhecer os direitos e tirar dúvidas sobre o tratamento.  Nesse sentido, a Prefeitura tem desenvolvido ações que visam melhorias para o atendimento a essa demanda. O secretário de Saúde, Geraldo Magela, estimula a participação dos interessados “Considero importante participar desse primeiro de outros encontros que, possivelmente, acontecerão, e aprender como conviver com a doença e o melhor tratamento para enfrentá-la”.

A anemia falciforme é uma doença genética e hereditária, predominante em negros, mas que pode manifestar-se também em brancos. Ela se caracteriza por uma alteração nos glóbulos vermelhos, que perdem a forma arredondada e elástica, adquirem o aspecto de uma foice (daí o nome falciforme) e os endurecem, dificultando a passagem do sangue pelos vasos de pequeno calibre e a oxigenação dos tecidos.