WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
outubro 2018
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

















EM ENTREVISTA AO RODA VIVA, FERNANDO HADDAD CRITICA MAIS UMA VEZ AS “FALAS AUTORITARISTAS” DE BOLSONARO

Fernando Haddad foi sabatinado no programa Roda Viva nesta última segunda-feira

O candidato do PT à Presidência deu entrevista, nesta segunda, ao programa da TV Cultura transmitido também ao vivo pelo Twitter, Youtube e Facebook. Ele disse que as qualificações de Bolsonaro “não o habilitam para governar o país em uma democracia”.

Haddad se dividiu entre apresentar suas propostas e atacar o adversário em suas falas, estratégia adotada desde o início da campanha e que sempre passou pelo confrontamento indireto com Bolsonaro.

Haddad ainda falou sobre uma autocrítica feita e a relação dele com Ciro Gomes do PDT afirmando que “Eu era dos petistas que cogitava que o PT podia apoiar o Ciro à Presidência da República, se houvesse uma aproximação maior”. O petista defendeu no Roda Viva os resultados das articulações petistas, citando também a ex-ministra Marina Silva (Rede). Ela anunciou o voto, que chamou de “apoio crítico”, no petista justamente com base no discurso de que Bolsonaro representa uma ameaça ao sistema vigente.

O ex-prefeito de São Paulo ainda deu a entender que são apenas questões partidárias que impedem o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), outro que tem feito críticas constantes e nesta mesma linha a Bolsonaro, de apoiá-lo. “Fernando Henrique, que não pode declarar apoio a mim por questões do seu próprio partido, tem demonstrado seu inconformismo”, argumentou.

Também afirmou estar fazendo o papel de avisar à sociedade sobre as consequências de um eventual governo de seu rival: ‘Os sociais democratas alemães erraram ao alertar sobre os riscos da chegada de Hitler ao poder?’, questionou.  Para embasar a sua argumentação, o ex-prefeito de São Paulo citou o que chamou de “credenciais” do deputado federal, controvérsias envolvendo a defesa da atuação do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, identificado como um torturador durante a ditadura militar brasileira, o episódio da briga com a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) e a palestra a respeito de quilombolas e populações tradicionais, que rendeu a Bolsonaro uma denúncia por racismo – arquivada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Bolsonaro foi convidado a participar do programa, mas recusou. O apresentador do programa disse que ofereceu ao candidato a opção de enviar uma comitiva para a casa dele ou local onde se sentisse confortável e ainda assim a entrevista foi rejeitada pelo candidato do PSL.

 

1 resposta para “EM ENTREVISTA AO RODA VIVA, FERNANDO HADDAD CRITICA MAIS UMA VEZ AS “FALAS AUTORITARISTAS” DE BOLSONARO”

  • CORREIA says:

    Então quem esta qualificado é você Haddad? Poste do lula, responde a 32 processos sendo réu em 08 processos, governou a cidade de São Paulo e foi considerado o pior prefeito. Que! se (eleito) no seu programa de governo, esvaziar os presídios soltando todos criminosos, liberar as drogas (formando exércitos de zumbis), discriminalizar o aborto, dar continuidade a implantação nas escolas públicas a ideologia de gênero, soltar o criminoso lula ETC.. ETC…

    “BRASIL ACIMA DE TUDO E DEUS ACIMA DE TODOS”
    BOLSONARO PRESIDENTE

Deixe seu comentário



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia