FOTO: Divulgação

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 58% dos votos válidos contra 42% para Fernando Haddad (PT) na primeira pesquisa do Datafolha sobre o segundo turno das eleições para presidente, divulgada nesta quarta-feira (10). A contagem já exclui brancos, nulos e indecisos. No primeiro turno, Bolsonaro teve 46% dos votos válidos, contra 29% de Haddad.

O Datafolha ouviu na pesquisa 3.235 pessoas em 227 municípios, todas hoje. A margem de erro do levantamento é de dois pontos para mais ou menos. A pesquisa foi encomendada pela Folha de S. Paula e TV Globo.

Considerando os votos totais, o deputado tem 48% dos votos – teve 42% nas eleições de domingo – e o ex-prefeito de São Paulo fica com 36% – frente a 27% do domingo. Brancos e nulos somam 8% e apenas 6% de indecisos. 

Segundo o instituto, Bolsonaro só perde para Haddad no Nordeste – onde também perdeu no primeiro turno. O petista aparece com 52% dos votos totais da região, contra 32% do capitão. O candidato do PSL tem feito acenos à região, ontem ainda anunciou um 13º para beneficiários da Bolsa Família, em vídeo gravado ao lado de dois deputados bem votados da região.

Apoios no segundo turno. 

Grande parte dos partidos brasileiros já definiu seus posicionamentos no 2º turno da eleição presidencial entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Legendas como PSDB, DEM e NOVO optaram pela neutralidade. Outros como PSC, PSOL, PTB e PSB escolheram um lado. O PDT anunciou ‘apoio crítico’ a Haddad. MDB  ainda não se pronunciou oficialmente sobre quem vai apoiar. 

Apesar de não apoiar a candidatura de Fernando Haddad, a Executiva da Rede afirma que devido a ‘ameaças à democracia’, seus filiados não devem apoiar o candidato do PSL. O partido também afirmou que será parte da oposição, independentemente de quem for o vencedor das eleições.