A secretária de saúde do município, Elisângela Oliveira fez uma avaliação da situação da saúde de Ilhéus em participação na edição desta quinta-feira (26) do programa O Tabuleiro, apresentado pelo comunicador Vila Nova na Ilhéus FM.

De acordo com a secretária, desde que assumiu a pasta vem trabalhando para melhorar o atendimento do município, quando chegou haviam números alarmantes na saúde. Com o desbloqueio do SISMOB, unidades de saúde que não foram concluídas e novas unidades foram liberadas para serem licitadas para construção, além de que o programa mais médicos também pode ser requisitado pelo município, que vai solicitar 8 profissionais que serão redimensionados para atender Zonas mais distantes de Ilhéus como Inema, pimenteira, Banco Central, Castelo Novo, o que vai ampliar a atenção básica em 50%.

“Foram avanços significativos, a gente planejou bastante, organizou bastante todos os fluxos, traçamos uma novo formato assistencial, que é rede. A gente verifica hoje o que é atenção básica, o que é media e alta complexidade, quais são os prestadores que estão atuando, o que cada um pode fazer. Nós conseguimos em 100% um avanço de 5%, que no período de uma ano é significativo já que a gente encontrou a situação como tava”,disse.

Elisângela destacou que algumas unidades de saúde terão horário de atendimento ampliados para atender a população como é o caso do Posto de Saúde Heuler que funcionará até às 22h, mesmo horário que atualmente esta funcionando a Unidade de Saúde do Hernani-Sa. O Pronto Atendimento (P.A) da Conquista e o Hospital Vida Memorial funcionarão 24h como já é o caso do P.A da Zona Sul. Lembando que os P.A’s não terão internamento, só farão atendimento de urgência e emergência, pacientes que no prazo de 12 horas não apresentarem melhora do quadro serão encaminhados para o Hospital Costa do Cacau.

Durante a entrevista a secretaria ainda elogiou o atendimento do Hospital Vida Memorial, responsável atual por todo atendimento pediátrico pelo sus do município desde que foi finalizado o contrato com o Hospital de Ilhéus e enquanto não é reformado e reinaugurado o Hospital Luiz Viana Filho que vai ser materno-infantil :

“É muito bom trabalhar com eles, pela forma, pela atenção que estão dando as crianças e pela organização do Hospital Vida Memorial. Pediatria hoje Vila é uma especialidade que está sendo extinta. O pediatra é difícil de encontrar, imagina encontram um local que você consiga atender a parte de urgência e emergência e dá segurança aos pais. Então quando a gente tem um local como o Vida que acolhe, que atende, isso nos dá uma segurança e um conforto muito bom”, disse.

Sobre a inauguração do P.A da Conquista, Elisângela disse que tiveram que ser feitas alterações no projeto para estruturação da reforma de canaletas, pois os gases medicinais não haviam sido colocados, para assistência de pacientes mais graves, os equipamentos começaram a chegar para fazer a montagem. De acordo com a secretária dentro de um prazo de 2 semanas devem ser concluídas todas as alterações e será redefinida a data de inauguração da unidade. Com informações de O Tabuleiro.