WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ponte pontal ilheus Neste site
julho 2018
D S T Q Q S S
« jun   ago »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: 8/jul/2018 . 14:58

ARTHUR, PAQUETÁ E CIA.: VEJA NOMES QUE DEVEM TER CHANCE SE TITE FICAR NA SELEÇÃO

Próxima geração do futebol brasileiro empolga comissão técnica, que tem convite para permanecer: busca por novos defensores será uma das principais missões.

Tite se negou a pensar nos próximos quatro anos durante a Copa do Mundo e agora, com a CBF tendo reiterado o convite para que ele permaneça técnico da seleção brasileira, deve manter seu procedimento padrão: reflexão e conversas com a família e algumas pessoas de sua comissão antes da resposta, que tem boa chance de ser positiva.

Mas foi inevitável para o técnico, nos meses que antecederam o torneio na Rússia, pensar em nomes e em como seria bom ter tempo para convocá-los e conhecê-los.

O meia Paquetá, do Flamengo, é um deles. Ele foi “achado” pela comissão técnica da Seleção sem ser o foco. Na frustrada busca por um meia que pudesse executar as funções desejadas, Tite e seus auxiliares observaram Diego e Everton Ribeiro muitas vezes, mas se encantaram mesmo pelo jovem de 20 anos.

:: LEIA MAIS »

RELATOR DA LAVA JATO EM SEGUNDA INSTÂNCIA DETERMINA QUE LULA SEJA MANTIDO PRESO

Desembargador João Pedro Gebran Neto pediu que PF se abstenha de praticar qualquer ato que modifique decisão da 8ª Turma, que confirmou condenação. Mais cedo, Rogério Favreto, que é plantonista do TRF-4, havia determinado liberdade a Lula; Moro disse que não havia competência.

O desembargador federal João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato em segunda instância, determinou que não seja cumprida a decisão do plantonista Rogério Favreto, que mandou soltar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“DETERMINO que a autoridade coatora e a Polícia Federal do Paraná se abstenham de praticar qualquer ato que modifique a decisão colegiada da 8ª Turma”, diz o texto assinado por Gebran.

Leia a íntegra do despacho do desembargador João Pedro Gebran Neto

Leia a íntegra do segundo despacho do desembargador Rogério Favreto

Leia a íntegra do despacho do juiz Sérgio Moro

Leia a íntegra do primeiro despacho do desembargador Rogério Favreto

:: LEIA MAIS »

APÓS SER CHAMADO DE INCOMPETENTE POR MORO, DESEMBARGADOR REITERA SOLTURA DE LULA

Rogério Favreto fez um novo despacho afirmando que o ex-presidente deve ser solto.

O desembargador Rogério Favreto, do TRF-4, fez um despacho reiterando a sua decisão para a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O documento foi publicado logo após o juiz Sérgio Moro expedir um despacho afirmando que o desembargador não tem competência para julgar o caso.

No documento, ele diz que a defesa de Lula entrou com uma nova petição alegando “‘entraves e retardo no cumprimento da decisão exarada no presente Habeas Corpus, bem como pela ausência de Delegado da Polícia Federal na sua sede”.

No entanto, o desembargador afirma que não há necessidade da presença do delegado da PF para que a decisão seja cumprida.

:: LEIA MAIS »

MORO DIZ QUE PLANTONISTA DO TRF-4 NÃO PODE MANDAR SOLTAR LULA

Desembargador federal Rogério Favreto, do TRF-4, concedeu liberdade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na manhã deste domingo (8). Lula está preso em Curitiba desde 7 de abril.

O juiz Sergio Moro, da 13ª Vara da Justiça Federal em Curitiba, afirmou neste domingo (8) que o desembargador federal plantonista do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) não pode mandar soltar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde 7 de abril.

Nesta manhã, o desembargador federal Rogério Favreto, do TRF-4, concedeu liberdade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Lula foi condenado no processo do triplex, no âmbito da Operação Lava Jato, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O despacho determina a suspensão da execução provisória da pena e a liberdade de Lula.

:: LEIA MAIS »

TRF-4 MANDA SOLTAR O EX-PRESIDENTE LULA

Lula está preso desde 7 de abril deste ano, após ser condenado em segunda instância na Operação Lava Jato. Ex-presidente foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Em decisão divulgada neste domingo (8), o desembargador federal Rogério Favreto do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre, decidiu conceder liberdade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso desde 7 de abril deste ano em Curitiba. Lula foi condenado na Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O despacho determina a suspensão da execução provisória da pena e a liberdade de Lula.

“Cumpra-se em regime de URGÊNCIA nesta data mediante apresentação do Alvará de Soltura ou desta ordem a qualquer autoridade policial presente na sede da carceragem da Superintendência da Policia Federal em Curitiba, onde se encontra recluso o paciente”, diz trecho da decisão.

O desembargador sustenta que, já que o cumprimento ocorrerá em um domingo, que não é dia útil, se dispensa o exame de corpo de delito, se for de interesse de Lula.

:: LEIA MAIS »



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia