Com objetivo erradicar o trabalho infantil no município de Illhéus, foi iniciado na tarde de ontem (07) a Semana Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil. Em uma reunião realizada, no auditório do Centro Administrativo da sede da prefeitura, com procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT), secretários municipais e a coordenadora do PETI Ilhéus alinharam ações de enfrentamento da causa.

Estavam presentes os procuradores do MPT, Ana Carolina e Ilan Fonseca, os secretários de Desenvolvimento Social, Rubenilton Silva; de Indústria e Comércio, Paulo Sérgio; de Cultura, Pawlo Cidade; de Relações Institucionais, Sérgio Santos; o procurador do munícipio, Marcio Cunha; representando a secretaria de Saúde, Wanessa Gedeon; a secretaria de Educação, Wilma Priscila; a de Serviços Urbanos, Benilson Veloso; e a coordenadora do PETI Ilhéus, Jéssica Varjão.

“Buscamos trabalhar em parceria com os poderes públicos para resolver os problemas existentes. Essa reunião foi muito proveitosa para todos perceberem a necessidade do trabalho em rede. Já fizemos a adequação do PETI de acordo ao novo redesenho que deveria ser trabalhado desde 2003. Tiramos o PETI da Central de Abastecimento do Malhado, que trabalhava em local insalubre e sem estrutura. Desbloqueamos os recursos financeiros e estruturamos o trabalho junto à básica complexidade (Cras) e com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)”, lembra o secretário de Desenvolvimento Social, Rubenilton Silva.

A procuradora do trabalho, Ana Carolina destaca que a reunião foi bastante produtiva e todos estavam muito abertos e propícios para implementar novas políticas públicas no município. “As ações devem ser realizadas em conjunto com todas as secretarias para o combate ao trabalho infantil, só o trabalho em rede conseguirá erradicar a problemática”, salienta a procuradora.

No município de Ilhéus, uma das grandes áreas de atuação do trabalho infantil são nas praias e nas feiras, como na Central de Abastecimento do Malhado. A coordenadora do PETI Ilhéus, Jéssica Varjão, ressalta que “os pais e responsáveis precisam se conscientizar que as crianças devem estudar e brincar, percorrer o fluxo normal de crescimento e das responsabilidades cotidianas”.

Dando continuidade a Semana Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil, acontece hoje (08) uma blitz com panfletagem na porta das escolas municipais Heitor Dias, Instituto Municipal de Ensino Eusínio Lavigne (IME) e Perpétua Marques.  No dia (11) acontecerá uma reunião para sensibilização dos feirantes que trabalham na Central de Abastecimento, no Malhado.

Já no dia (12), Dia Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil, será realizada às 9 horas, roda de conversa com adolescentes do Colégio Estadual Paulo Américo, com a presença da Procuradora do Trabalho, Marselha Silveiro e a representante do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), Priscila de Oliveira.

No dia (13) acontecerá uma panfletagem na nova sede da secretaria de Desenvolvimento Social, na Rua Almiro Vinhais, nº 85, Boa Vista, com o público presente. E no dia (14), encerrando as ações da Semana Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil será realizada uma roda debate – papo, na sede do Conselho Tutelar com todos os conselheiros do município.

Ainda durante todo o mês de junho, o tema de Erradicação do Trabalho Infantil será trabalhado em todos os núcleos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) referenciados nos cinco Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) do município, público prioritário de acompanhamento do serviço.