Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 6, os membros, recentemente empossados, do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) de Ilhéus elegeram a diretoria do colegiado para o biênio 2018-2020. O servidor público Jacks Rodrigues, vinculado à secretaria de Turismo e Esportes (Setur), foi eleito presidente, e o empresário Rafael Espírito Santo, atual presidente da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), é o vice. O representante do terceiro setor, Marcos Antonio Lessa, da Federação das Associações de Moradores de Ilhéus (FAMI), foi escolhido para a secretaria.

A assembleia aconteceu no auditório do Centro Administrativo do Município, no bairro da Conquista, com a presença do secretário de Turismo, Hélio Ricardo. Reativado na atual gestão, o Conselho Municipal de Turismo é integrado por representantes do Poder Público, da iniciativa privada e do terceiro setor, por meio de nomeação pelo prefeito Mário Alexandre, conforme o Decreto 036/2018. A próxima reunião do Conselho foi marcada para o dia 20 de junho, para apreciação e votação do regimento interno

O Comtur constitui-se como um colegiado de caráter consultivo e deliberativo, que atua na esfera do controle social – uma forma de compartilhamento de poder de decisão entre Estado e sociedade em torno das políticas públicas. Tem como objetivo principal formular e implementar a Política Municipal de Turismo, a fim de criar  condições  para  o  aperfeiçoamento  e  o  desenvolvimento,  em  bases sustentáveis, da atividade turística em Ilhéus, de forma a garantir o bem estar de seus habitantes e turistas e o resguardo do patrimônio natural e cultural da região.

Também compete ao Conselho, acompanhar a elaboração e aprovar o Inventário da Oferta Turística, elaborar propostas de valorização da cultura e dos costumes da população local e do patrimônio artístico, arquitetônico, histórico e turístico; indicar ações para atendimento com recursos do Fundo Municipal de Turismo; apoiar o desenvolvimento do produto turístico, por meio da mobilização e sensibilização da comunidade; fomentar a certificação de atividades e empreendimentos turísticos no município, entre outras atribuições.