Vítima morreu após ficar quatro dias internada. Segundo Polícia Rodoviária Federal, suspeito foi localizado em ônibus que saiu da Bahia com destino a São José do Rio Preto (SP).

O homem suspeito de cometer latrocínio contra a técnica de enfermagem Maria Ferreira Lima, de 51 anos, foi preso na noite desta quarta-feira (11), em São Jose do Rio Preto (SP). A vítima teve traumatismo craniano e morreu quatro dias depois de ser derrubada de uma moto durante uma tentativa de assalto no sul da Bahia, no último dia 5.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, durante fiscalização pela rodovia BR-153, os policiais localizaram, no interior de um ônibus, o suspeito de cometer o crime, Jefferson Costa Nascimento, de 27 anos, que havia embarcado na Bahia com destino a Rio Preto.

Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado ao plantão da Polícia Civil de Rio Preto, mas deverá retornar à Bahia, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Caso

Uma técnica de enfermagem de 56 anos foi internada em estado gravíssimo no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Calixto Midlej, em Itabuna, sul da Bahia, no fim da tarde de quinta-feira (5), após ser derrubada da moto que pilotava por um homem que tentou assaltá-la. 

Segundo informações da polícia, o crime ocorreu na Rua Monte Alto, bairro de Fátima. A vítima estava na moto, quando o suspeito, que caminhava na via, mostrou um simulacro de arma de fogo e foi na direção da vítima.

A técnica de enfermagem diminuiu a velocidade, mas antes de parar a moto, o homem a atacou e a derrubou do veículo. Ela caiu e, mesmo usando capacete, bateu violentamente a cabeça no chão. O homem fugiu sem levar a motocicleta.

Morte

Quatro dias depois de ser internada em estado grave, Maria Ferreira Fernanda teve morte cerebral confirmada pelo hospital.

Casada, ela deixou dois filhos. A família autorizou a doação de órgãos — que era um desejo da vítima. O corpo dela deve foi enterrado na terça-feira (10).