Em seu discurso no plenário da Câmara dos Deputados, realizado nesta terça-feira (20), o deputado federal Bebeto (PSB/BA) reagiu com indignação ao fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Bahia (FAFEN-BA). Segundo a Petrobras, a fábrica vem dando prejuízos consecutivos e tornando inviável economicamente a continuidade da operação industrial.

Para o parlamentar, o fechamento da unidade é resultado de uma grande perseguição promovida pelo presidente da República, Michel Temer, e pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente, aos interesses do Nordeste, em especial aos estados da Bahia e Sergipe. “Esta atitude não vai comprometer apenas a economia dos estados e resultar no desemprego de centenas de trabalhadores petroquímicos, mas vai também incidir diretamente sobre a produção de fertilizantes brasileiros o que irá afetar a economia nacional. Isto é um ato criminoso”, lamentou o deputado Bebeto.

Com o encerramento das atividades da FAFEN, aumentará o número de desempregados e diminuirá a arrecadação de tributos que contribuem para a realização de políticas públicas dos estados envolvidos, finaliza o parlamentar.