WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
shopping jequitiba prefeitura ilheus embasa Neste site
dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  





“PRECISA MELHORAR E VAI MELHORAR”, DECLARA PREFEITO SOBRE O TRANSPORTE PÚBLICO DE ILHÉUS

Foto: Ilhéus24h

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, disse hoje (29) que, para além do ganho de qualidade no serviço de transporte público do município – com a colocação em 60 dias, no máximo, de 20 ônibus novos com ar condicionado e internet integrados ao sistema – será preciso avançar na melhoria do serviço prestado à população. “Precisa melhorar e vai melhorar”, disse o prefeito, anunciando que o governo municipal estuda a integralização do transporte, com uma permanente renovação de frota, implantação de uma Estação de Transbordo e o desenvolvimento de um aplicativo que permitirá o usuário saber, em tempo real, a localização de veículos disponíveis para o itinerário de seu interesse.

Há dois meses, a Prefeitura apresentou a primeira etapa do estudo sobre as deficiências do sistema de transporte coletivo de Ilhéus e um programa de mudanças que signifiquem mais conectividade, mobilidade e confiabilidade do sistema junto aos usuários. “Isso mostra a nossa disposição em atender as reivindicações de quem efetivamente usa o sistema”, declarou.

O trabalho é resultado de uma reivindicação feita pelo prefeito às empresas detentoras da concessão em Ilhéus, que contrataram uma consultoria, diante das críticas feitas pela população, insatisfeita com o serviço. O engenheiro Marcos Nerbass conheceu in loco o funcionamento do sistema de transporte público de Ilhéus e, durante quatro meses, definiu o serviço como “irracional, desconectado e com graves problemas”, apesar de uma “cobertura boa e acessibilidade ruim”.

Singularidades – Especialista do tema há quase 30 anos, o engenheiro Marcos Nerbass foi secretário de Planejamento de Lages (SC) e já atuou como consultor em municípios como São Paulo, Ribeirão Preto, Bauru, Florianópolis, Blumenau, Brasília e Região Metropolitana de Curitiba. Ele apresentou um conceito de sistema que define como eficiente para Ilhéus, inclusive com a criação de uma Estação de Transbordo em substituição do Terminal Urbano, mas assegura que cada local tem suas especificidades que precisam ser respeitadas nas próximas etapas do planejamento.

Hoje em Ilhéus o sistema atende diariamente a 38 mil usuários na zona urbana e seis mil na zona rural. A frota de 120 veículos, no entanto, é usada de forma desordenada, com fortes impactos negativos na prestação do serviço. “É preciso conectar a cidade. Não pode continuar a acontecer como, por exemplo, no Teotônio Vilela, quatro ônibus juntos saindo num mesmo horário, e depois uma hora de espera para a chegada de outros”, criticou. “Tem que haver regularidade, bom serviço e pontualidade”, completou.

Neste sábado (30), a tarifa – que é de R$ 3,10 – passará para R$ 3,50, após um ano de congelamento, atendendo a um parecer favorável do Conselho Municipal de Trânsito e Transporte (Comutran). Para autorizar o acréscimo de 40 centavos na tarifa, a Prefeitura exigiu a contrapartida de um investimento a curto prazo de R$ 6 milhões, com a aquisição dos novos ônibus. Os dez primeiros – da concessionária Viametro – já chegaram. A São Miguel já encomendou o lote junto à montadora, que viabilizará a entrega após o período de férias coletivas, em São Paulo.

Tarifas em outras cidades – Com uma extensão territorial bastante complexa, Ilhéus tem singularidades na prestação do serviço. A definição do valor da tarifa única passa por cálculos que incluem insumos, reajuste de combustível e distâncias médias nas zonas urbana e rural, esta última, bastante representativa. Enquanto que desde janeiro do ano passado, a tarifa em Ilhéus custa 3,10, neste mesmo período, por exemplo, o valor da tarifa em Vitória da Conquista é de R$ 3,30, devendo ser reajustado em breve. Em Feira de Santana, a aquisição de créditos no Cartão Inteligente, passou a custar em janeiro de 2017 R$ 3,32. À dinheiro, R$ 3,65.

3 respostas para ““PRECISA MELHORAR E VAI MELHORAR”, DECLARA PREFEITO SOBRE O TRANSPORTE PÚBLICO DE ILHÉUS”

  • Walter Jr. says:

    Em São Paulo, a maior metrópole da América do Sul, a tarifa será reajustada em 5% e lá o sistema de transporte público é integrado, já aqui em Ilhéus
    um municipio de porte médio, sem ter um sistema integrado e uma péssima qualidade do transporte coletivo, o reajuste da tarifa será de 13%, uma das
    mais caras tarifas do interior do Brasil. Um verdadeira extorsão no bolso dos usuários, sobretudo os mais pobres.

  • Walter Jr. says:

    Nós já estamos cansados com essas promessas da melhoria da qualidade do transporte coletivo, o que aliás só piora ano a ano.
    Enquanto os governantes estiverem no bolso dos empresários do transporte coletivo dessa cidade, o povo só será extorquido e enganado.
    Conta outra Marão, que essa não cola mais.

  • Adeilton Souza says:

    Alguém precisa orientar melhor o orefeito nas informações que presta ao públuco. Não houve “um ano de congelamento” da tarifa. O que houve foi um presente de natal aos empresários com a antecipação em 2 dias da entrada em vigor da nova tarifa de R$ 3,50.
    Além disso, é bom que o atual governo municipal comemore a chegada dos novos ônibus com ar condicionado. Independende de quem seja o gestor público sentado na cadeira de prefeito, a verdade é que esses veículos, e os outros da outra empresa que devem chegar, chegam com um atraso de 15 anos e não cumprem o alardeado na épocado Edital de Concessão, onde cada empresa ganhadora da concessão evoluiria para num prazo de 5 anos chegar a 100% da frota com ar condicionado. Mas o que vimos foram os 4 ônibus com ar condicionado sumirem, as empresas passarem a trocar os veículo de 12 metro por de 9 metros, reduzindo os seus custos com chassis e carrocerias e transportarem o mesmo número de passageiros em 3 metro a menos. A verdadeira exemplificação de “latas de sardinhas”.
    Agora olhemos o grande presente dado pelos atuais gestores públicos. O reajuste da passagem que tradicionalmente entrava em vigor em 01 de janeiro, foi antecipado em dois dias pelo atual prefeito, dando ao que parece uma bonificação pela sonegação de cerca de R$ 360 mil por ano que as empresas deixam de recolher de ISS – Imposto Sobre Serviços.
    Perguntamos a SECOM da Prefeitura, e o cumprimento.do contrato? E o cumprimento da lei municipal que obriga os ônibus a colocarem as syas datas de fabricação no parabrisa dianteiro? A fiscalização por meio se vistoria de 100% dos ônibus que trabalham no sistema de transporte coletivo? Cadê os Selo de Vistoria 2017 nos ônibus vistoriados, exigência do contrato?
    É bom que as empresas passem a ter cerca de 15% de suas frotas com veículos com ar refrigerado. Mas quantos estaram realmente atendendo à população e em que linhas? Será que os moradores do Condomínio Sol e Mar teram direito a esses veículos? Esses veículos servirão apenas as áreas mais nobres e menor desgastes dos veículos? Quem irá fiscalizar e impor que as empresas realmente coloquem todos os veículos trabalhando nas linhas? Infelizmente, a Prefeitura até o momento não serviu nem para fiscalizar que as empresas paguem o que devem em impostos aos cofres públicos!

Deixe seu comentário



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia