Foto: Reprodução YouTube.

Em 1992 um jovem rapper brasileiro de 18 anos chamado Gabriel O Pensador gravou em uma fita demo uma música chamada “Tô Feliz (Matei o Presidente)”.

A canção tornou-se um sucesso em um período onde o Brasil passava pelo impeachment do presidente Collor, chegou a ser proibida em rádios pelo país e marcou o início da carreira do cara.

Chegamos em 2017, 25 anos depois, e infelizmente o panorama político nacional parece não ter mudado muito, tanto que Gabriel sentiu a necessidade de fazer uma segunda versão da sua canção, com letras baseadas nos tempos atuais.

Com trechos como “Derrubaram algumas peças, mas a mesa tá difícil de virar”, “Áudio e vídeo divulgados, crime escancarado, mas nem é julgado” e “Se todos os corruptos morressem de repente, ia ser tudo diferente, ia sobrar tanto dinheiro que andaríamos nas ruas sem temer o tempo inteiro”, a música ganhou um clipe gravado na Amazônia que conta com toda a cara dos clássicos vídeos do Pensador.

Assista, reflita, preste atenção na mensagem e divirta-se com “Tô Feliz (Matei o Presidente) 2”, de Gabriel O Pensador.