A secretária municipal de Saúde, Elizângela Oliveira, será palestrante do 1º Simpósio Ilheense sobre Câncer de Mama, que acontece no próximo dia 19, no Auditório do Edifício Premier Business Center, no bairro Cidade Nova. A secretária vai falar, às 20h15min, sobre as ações públicas que vêm sendo executadas de combate à doença.

O evento será aberto às 19 horas. Serão palestrantes os mastologistas José Slaib e Luciana Leite, o oncologista Caio Silvério e o organizador do evento, Leonardo Albuquerque, médico e cirurgião plástico.

As vagas para este evento são limitadas e ainda podem ser feitas pelo site drleonardoalbuquerque.com.br/simpósio-ilheense.

Durante os meses de setembro e outubro, a secretaria municipal de Saúde realizou uma série de eventos de informação e de prevenção ao câncer de mama. Após 10 meses de governo e em pleno Outubro Rosa, a Prefeitura de Ilhéus soma resultados importantes para a saúde da mulher.

Com realização do rastreamento de mama, realizado em setembro, foram triadas três mil mulheres e realizados 2.068 exames gratuitos.  Já na última semana, foram agendadas 13 mamoplastias para mulheres com casos de gigantomastia, em que o tamanho da mama afeta a saúde e a realização de atividades diárias, comprometendo coluna, ombros e até os joelhos das pacientes.

Com articulação da deputada Ângela Sousa, os agendamentos foram incluídos na fila única do Hospital da Mulher, em Salvador, que conta com tecnologia de ponta para tratar as mulheres baianas.

A dona de casa Mara Oliveira é uma das pacientes contempladas com a cirurgia. Para ela, que aguardava o procedimento há seis anos, “é motivo de alegria saber que está tudo certo para realizar a mamoplastia, inclusive, as passagens também estão incluídas. Quem tiver esse problema, pode vir que a secretaria  atende”.

A secretária Elizângela Olivença explica que mais 40 mulheres estão aguardando na fila para reduzirem a mama. “Certamente, vivemos um dos meses mais rosas dos últimos tempos em nossa cidade”. Ela conta, ainda, que procedimentos de histeroscopia, encaminhados este mês, serão realizados pelos SUS. Além disso, mais três pacientes iniciarão tratamento para infertilidade e, em breve, poderão realizar o sonho de serem mães.