WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
coronavirus 155 Neste site
setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: 9/set/2017 . 19:43

VOCÊ VIU? CONFIRA AS VINTE MAIS LIDAS DO ILHÉUS24H

O ILHÉUS 24H traz nesta seção os vinte posts mais lidos da semana 03 a 09/09. Clique no título pra ler toda a matéria. Confira abaixo:

VISTORIA ENCONTRA IRREGULARIDADES EM ÔNIBUS DE TRANSPORTE COLETIVO, EM ILHÉUS

CANAVIEIRAS RECEBE FESTIVAL GASTRONÔMICO DO CARANGUEJO

HOMOSSEXUAL É ASSASSINADO A TIROS NO BAIRRO DO IGUAPE

SIGA O ILHÉUS24H PELO TWITTER – ADICIONE @BLOGILHEUS24H

ILHÉUS REALIZA UM DOS DESFILES MAIS EMOCIONANTES DAS ÚLTIMAS DÉCADAS

MOTO COLIDE EM CARRETA NA BR-415, PRÓXIMO AO ATACADÃO

AGENTE DE TRÂNSITO É AGREDIDO APÓS TENTAR DESOBSTRUIR VIA OCUPADA IRREGULARMENTE POR CARRO DE PASSEIO

ILHEENSE VENCE CAMPEONATO BAIANO DE FISICULTURISMO

13 MIL VAGAS EM CONCURSOS PÚBLICOS ESTÃO ABERTAS

PREFEITURA DERRUBA CONSTRUÇÃO IRREGULAR NA ORLA SUL DE ILHÉUS

MILTON NEVES FAZ APELO PARA REZENDE RETOMAR QUIMIO: ‘VOLTE PRO HOSPITAL’

PREFEITURA DE ILHÉUS VAI LICITAR TRÊS CRECHES PÚBLICAS

PM APREENDE DROGAS NO ALTO DO COQUEIRO

POLICIAL MATA BAIANO NO DF APÓS BRIGA EM GRUPO NO WHATSAPP

CRIMINOSOS INTERCEPTAM CARRO-FORTE, EXPLODEM VEÍCULO E FOGEM COM DINHEIRO

PREFEITURA DE ILHÉUS DIVULGA RESULTADO FINAL DA SELEÇÃO APÓS ANÁLISE DOS RECURSOS

CICLISTAS ILHEENSES REALIZARAM A VOLTA DAS VITÓRIAS

PM INAUGURA BASE AVANÇADA DA CIPE CACAUEIRA EM COARACI

IF BAIANO – CAMPUS URUÇUCA OFERTA 260 VAGAS PARA CURSOS TÉCNICOS

ILHÉUS: USINA DE ASFALTO VOLTA A FUNCIONAR

VEREADOR PAULO CARQUEIJA BUSCA MELHORIAS PARA DISTRITOS DE ILHÉUS

Nos dias 04 e 05 deste mês, o vereador Paulo Carqueija viajou para Salvador (BA) com o objetivo de cobrar melhorias para a infraestrutura dos distritos de Ilhéus. O parlamentar visitou o gabinete da deputada Ângela Souza, do Secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Benício Foltz Cavalcanti e do titular da Serin (Secretaria de Relações Institucionais), Josias Gomes.

Segundo Carqueija, o objetivo desta visita é solicitar que dois requerimentos de sua autoria, já aprovados pela Câmara Municipal de Ilhéus, sejam atendidos com urgência. Os requerimentos encaminhados para o Governo do Estado, solicitam patrolamento, alargamento e cascalhamento de estradas que ligam distritos da Zona Rural de Ilhéus à sede da cidade.

Os documentos pedem melhorias para os seguintes trechos entre distritos: do posto Santo Antônio, na BR 101, ao distrito de Banco Central; de Banco Central ao distrito de Inema; de Inema ao distrito de Pimenteira, na BA 262; e de Pimenteira ao distrito de União Queimada. São 65km de reparos no total, o que pode facilitar e muito o deslocamento da população residente nos distritos acima mencionados.

Ainda segundo o vereador, “as reinvindicações foram feitas por moradores, que sentem o quanto é difícil o tráfego de veículos em seus distritos e percebem o tamanho da urgência desse trabalho. O nosso objetivo, acima de tudo, é oferecer melhores condições de vida para esta população” afirma Paulo Carqueija.

Na oportunidade das reuniões, tanto a deputada Ângela Souza quanto o secretário Josias Gomes se comprometeram a empenhar esforços para que a demanda seja atendida com sucesso. O prefeito Mário Alexandre, ciente dos requerimentos, também afirmou que irá colaborar com o trabalho.

POLICIAL MATA BAIANO NO DF APÓS BRIGA EM GRUPO NO WHATSAPP

Adilson, na motocicleta, uma de suas paixões, e o policial José Arimateia, que fugiu após crime. Foto: Reprodução.

O analista financeiro baiano Adilson Santana Silva, 36 anos, foi morto a tiros na tarde da quinta-feira (7) em Samambaia, no Distrito Federal, após discutir com um vizinho em um grupo de WhatsApp formado por moradores do condomínio. Ele foi baleado no tórax e morreu no apartamento onde morava.

O policial militar reformado José Arimatéia Costa, 58 anos, apontado como autor dos disparos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, no final da sexta (8). Mais cedo, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJ-DFT) havia indeferido o pedido feito pela Polícia Civil, por não considerar urgente. Após ser aceito o novo pedido de prisão, o policial é considerado foragido.

A briga começou depois que o PM publicou uma foto no grupo acusando o vizinho de ter cuspido em sua janela. “Ô sem noção, que mora no 1803-A quando escovar seus dentes, vê se não cospe a meleca na casa dos outros, eu moro aqui no 1703-A e vir essa sujeira que cospiram lá de cima [sic]”, escreveu.

Foto: Reprodução.

Adilson Silva respondeu negando ser o autor do cuspe e chamou o vizinho para resolver a situação pessoalmente. “Meu amigo, tu tá ficando maluco, falando merda. Primeiro, olhe essa merda para depois falar. Me respeite, que educação eu tenho. Não vou escovar porra de dente em varanda. Olha sua porra direito, não fale merda que você não sabe”, escreveu.

Em seguida, ele enviou um áudio: :: LEIA MAIS »

ILHÉUS SEDIA ETAPA DE TREINAMENTO INTERNACIONAL PARA JOVENS EMPREENDEDORES SOCIAIS

Depois de passar pela Itália, uma nova etapa da elaboração de uma metodologia que visa impulsionar carreiras de jovens empreendedores sociais será realizada em Ilhéus entre os dias 10 e 17 de setembro. Para isso, desembarcam na cidade 22 facilitadores e jovens aprendizes entre 18 e 32 anos, que compõem o projeto SEEDS 2 – Social Economy Entrepreneurship Development Skills (Desenvolvimento de Competências para a Economia e o Empreendedorismo Social). A organização anfitriã e participante do projeto no Brasil é a Cooperbom Turismo, sediada em Ilhéus.

Já na cidade, os visitantes se juntam a mais 10 voluntários locais para realizarem o treinamento, que acontecerá no Eco Village Indaiá. Todos os participantes são oriundos dos oito países que formam o consórcio do Projeto SEEDS 2 – os europeus Itália, Espanha, Finlândia, Turquia; e os latino-americanos, Argentina, Brasil, México e Peru.  

O objetivo do encontro local é aprimorar a metodologia e preparar os jovens participantes para o Youth Exchange (intercâmbios internacionais) que se realizará na Europa (Itália) e América Latina (Peru) em dezembro próximo, que visa desenvolver treinamentos locais e internacionais de Empreendedorismo Social, com base na educação não formal. O projeto apresentará aos jovens participantes a possibilidade de atuarem em negócios sociais, ampliando a consciência sobre o que é empreender de forma coletiva e impactar positivamente a comunidade.

A Coordenadora de Projetos e do Voluntariado da Cooperbom Turismo, Maria Morais, explica que a instituição já trabalha desde 2009 treinando e possibilitando jovens a trabalharem desenvolvendo suas habilidades na área social. “Através do projeto, queremos alcançar, especialmente, os que não encontraram oportunidade de desenvolver suas competências empresariais nos modelos da educação formal. Com a metodologia desenvolvida no projeto SEEDS 2, utilizaremos métodos e ferramentas da educação não formal para alcançar pessoas e organizações sociais, com o objetivo de potencializar seus trabalhos, inspirando e motivando para que tragam respostas, serviços e atitudes inovadoras para a sociedade”, conta.

:: LEIA MAIS »

A INVASÃO DOS SAPOS

Gerson Marques é produtor de Cacau e Chocolate e Diretor Presidente da Associação dos Produtores de Chocolates de Origem do Sul da Bahia.

Quando o castelhano Filipe de Guillem chegou aqui, fazia três anos que tinha começado a praga dos sapos, nestes tempos viviam em Ilhéus umas oitenta almas, – índios e negros não contavam – em umas doze moradias quase todas no Outeiro de São Sebastião e em três engenhos de cana de açúcar, eram habitações muito rústicas feitas de madeira, pedra, barro e palhas. A pequena igreja de Nossa Senhora e a Casa dos padres eram as edificações mais importantes da Vila, feitas em adobe ajuntados por uma espécie de cimento com areia, pó de conchas, e óleo de baleia, não existia nem um padre morando por aqui, já que não restou um vivo na cidade depois que começou a praga dos sapos, o ultimo, Manoel de Andrade, havia morrido queimado na Santa Fogueira da Inquisição, depois de enlouquecer atormentado com a invasão dos anfíbios batráquios, como explicou Tertulino Alvarenga o coroinha da Paróquia, que  naqueles tempos era única autoridade eclesial da comunidade.

Segundo o relatado na missiva mandada ou Rei D. João III em 1539  por Filipe Guillen, a Vila era o lugar mais parecido com o inferno que ele podia imaginar, se não fosse aqui o próprio Hades, Ilhéus nesta época vivia uma desolação completa, tomada por uma praga de sapos que invadiu todos os lugares, casas, ruas, igreja, plantações, e todo espaço possível, a perturbação era potencializada pelo enorme barulho do coaxar incessante dia e noite, capaz de enlouquecer até um monge tibetano, o único lugar da cidade que não tinha sapos era a praia.

Essa tragédia teria começado quando o fidalgo português João de Tiba aportou na Vila vindo de Portugal em uma nau muito avariada depois de quatros meses e doze dias de navegação errante pelo Atlântico, seu destino era a Capitania de Porto Seguro, onde o donatário Pedro Tourinho, teria lhe ofertado uma enorme sesmaria, trazia na bagagem entre as coisas que pode salvar, ( já que metade dos pertences foram jogados ao mar para aliviar o peso e evitar naufrágio certo), uma gaiola onde mantinha um rebanho de sapos, trinta fêmeas e seis machos, que, segundo João de Tiba, seria muito útil para comer besouros e todo tipo de inseto que infestavam as terras ainda virgens do Brasil.

Deixando sua carga mal arrumada no improvisado porto da Vila de São Jorge dos Ilhéus, enquanto consertava sua nau, João de Tiba teve sua gaiola de sapos surrupiado pelos moleques que viviam de mariscarem pelo cais, desta galhofa terminou que os sapos fugiram e passaram a habitar um brejo mal cheiroso que existia na altura de onde hoje é a Praça Cairú no centro da cidade, deste brejo infestado de mosquitos os sapos se proliferaram de tal maneira que apenas um ano após a malfadada passagem de João de Tiba, a pequena Vila foi tomada por uma sapaiada dos infernos tornando a vida aqui um suplício.

Um ano antes de sua trágica morte o padre Manoel Andrade, fechou a igreja entregando-a em definitivo aos sapos, principalmente depois que no domingo de Páscoa, os fiéis foram servidos com vinho de um barril infestado de anfíbios, causando febre e dores intestinais em todos, dizem até que deste acontecimento nasceu a expressão “engolindo sapos”.

O padre Manoel de Andrade, fui o ultimo de um grupo de cinco padres jesuítas que chegaram a Ilhéus por volta de 1536, destes, dois foram comidos por Botocudos quando catequizavam na região do Gongogi, outro morreu afogado em um naufrágio com a canoa que viajava afundando em uma tormenta na foz do Itaípe, e do outro corre a história de que teria se  achamegado com uma Índia e sumido para dentro da floresta, de quem nunca mais se teve notícias, assim só restou Manoel de Andrade, lusitano de nascimento da cidade de Aviedo, formado padre no famoso  Seminário Nossa Senhora da Conceição na cidade do Porto, chegou ao Brasil ainda novo, aqui três  anos depois teria sido acometido da loucura dos sapos para uns, ou possuído pelo diabo para outros, no caso os inquisidores da Igreja,  fato é que o padre Manoel estava cada vez mais esquisito nos últimos tempos, atormentado pelo coaxar incessante de milhares de sapos dia e noite, sem conseguir dormir, nem comer foi definhando a cada dia, passava a vida trancado em um minúsculo quarto, em rezas e penitência,  tinha certeza que sua vida de pastor em Ilhéus era um castigo divino, por ter na infância cometido de forma excessiva o pecado da masturbação, os sinais da loucura porém,  foram se apresentando aos poucos,  primeiro quando rezava uma missa foi tomado por uma súbita crise, agarrando um sapo que repousava sobre a imagem de Nossa Senhora e devorando vivo, para horror dos fiéis, tempos depois, criou  uma campanha para coletar sapos em troca de bênçãos, que acumuladas em certa quantidade  permitiria ao fiel, em sua morte, ascender diretamente aos céus sem a necessária passagem pelo purgatório, chegou a fazer uns escritos, “duzentos sapos morte tranquila, trezentos sapos morte assistida por anjos, mais de quatrocentos passagem direta para o céu ao lado de Deus”. Um caso que entrou para história da Igreja, como a venda de indulgência por sapos, assim foi denunciado ao conselho da inquisição, onde terminou condenado por heresia a pena de perder a batina e morrer queimado em uma fogueira, levado em maio  para Portugal em um galeão da marinha real, foi queimado em dezembro de 1539.

:: LEIA MAIS »



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia