WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura ilheus hospital sao jose
março 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: 20/mar/2017 . 22:33

60 ANOS DA CEPLAC É TEMA DE SESSÃO DA CÂMARA DE ILHÉUS

Ceplac-Fachada

“Ceplac 60 Anos-Panorama Histórico e Perspectivas” é o tema da Sessão Especial que a Câmara de Vereadores de Ilhéus realizará na tarde da próxima quinta-feira (23). Prevista para as 13h, a sessão foi proposta pelo vereador Pastor Matos, do PSD, recebeu apoio de todos os membros do Legislativo ilheense. A iniciativa marca o sexagésimo ano de criação do principal organismo federal em atuação na região sul da Bahia.

A sessão será presidida pelo presidente da Câmara de Ilhéus e terá a presença confirmada de todos os dezenove locais. Lukas Paiva informou que representantes dos organismos ligados à cadeia produtiva do cacau, dirigentes e servidores da Ceplac, vereadores e prefeitos dos municípios do sul da Bahia, empresários e lideranças sociais regionais estão sendo convidados para participar do evento. :: LEIA MAIS »

CENTRO ESPECIALIZADO ODONTOLÓGICO MANTERÁ NOME DE NAPOLEÃO MARQUES, EM ILHÉUS

CEO será transferido para zona sul.

CEO será transferido para zona sul.

A Secretaria de Saúde do Município (Sesau) de Ilhéus informa que o Centro Especializado Odontológico (CEO), atualmente instalado na Avenida Soares Lopes, será transferido para o Centro Odontológico Napoleão Marques, localizado no bairro São Francisco, na zona sul da cidade. A gerente Técnica e de Planejamento da Secretaria, Sonilda Mello, explica que Centro Especializado Odontológico continuará com o nome do falecido ortodentista Napoleão Marques.

“Nós vamos apenas trocar o CEO de lugar, ou seja, ele vai sair da Avenida – porque o proprietário solicitou o imóvel – e será instalado em imóvel próprio da Prefeitura, onde funciona o Centro Odontológico, que passará a ser denominado Centro Especializado Odontológico Napoleão Marques. Não vai tirar, de jeito nenhum, o nome em homenagem a Napoleão Marques. Isso não procede”, ratificou Sonilda Mello.

:: LEIA MAIS »

GUERRA ENTRE FACÇÕES DO ALTO DO COQUEIRO E LEGIÃO DEIXA DOIS MORTOS EM ILHÉUS

tiros

Na noite desta segunda-feira, por volta das 19hs, moradores do Alto do Coqueiro e Alto da Legião viveram cerca de uma hora de pânico por conta de um intenso tiroteio na comunidade. Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas a tiros. 

Além da CIPM 70º e o Peto 70º e 68º, policiais da Rondesp foram acionados para combater a criminalidade na região, ao chegarem, foram recebidos a tiros.

EMBASA REGULARIZA ABASTECIMENTO DE ÁGUA DE 53 IMÓVEIS EM ALDEIA INDÍGENA DE ILHÉUS

Antes, todos utilizavam água da rede distribuidora de forma clandestina.

Antes, todos utilizavam água da rede distribuidora de forma clandestina.

A equipe da Embasa responsável pelo combate às fraudes em Ilhéus iniciou, na sexta-feira (17), os procedimentos necessários para regularizar o abastecimento de água de 14 residências da Aldeia Igalha, situada no quilômetro 14 da rodovia Ilhéus-Olivença. A ação soma-se à regularização, já finalizada, de outros 39 imóveis no mesmo local.

 “O trabalho de combate às fraudes é ostensivo, mas também agimos no esforço de regularizar a situação do usuário, de modo a beneficiá-lo com a prestação adequada dos nossos serviços. Às vezes ele tem direito a uma cobrança diferenciada, como no caso da tarifa social e intermediária, diminuindo o impacto desses serviços no orçamento familiar”, afirma o gerente do Escritório Local da Embasa em Ilhéus, José Lavigne.

O cacique José Sival Teixeira de Magalhães avaliou de forma positiva a intervenção: “Nosso interesse é ter água de qualidade e na quantidade adequada para abastecer as famílias que vivem aqui. Por isso, vemos de forma tranquila a cobrança tarifária que passará a acontecer na aldeia”.

:: LEIA MAIS »

MEIO AMBIENTE PROÍBE VENDA DO GUAIAMUM EM TODO BRASIL

guaiamum

Desde o dia 6 de março o Ministério do Meio Ambiente publicou duas portarias no Diário Oficial da União proibindo a captura e a comercialização do guaiamum. A medida é porque o crustáceo está na lista de animais com risco de extinção.

Segundo as portarias, o comércio vai ser permitido até do dia 30 de abril, desde que os estabelecimentos tenham em estoque. Quem desobedecer a medida vai se enquadrar no crime de caça a animal silvestre, com multa no valor de R$ 5 mil por pessoa e se a venda ficar comprovada o  valor passa para R$ 10 mil.

Em 2014 já havia sido proibido o comércio por meio da portaria 445/2014, mas o limite da data para a venda tinha sido prorrogada.  Segundo o Ibama, conforme outra portaria, a 395 de 2016, o estoque declarado até o dia 6 de março pode ser comercializado até o dia 30 de abril.

Apenas o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) tem a permissão para captura, transportar e armazenar os guaiamuns para fins de pesquisa e conservação do crustáceo.





twitter
facebook