WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




sdr bahia









turkeynet

casa melo

agua mineral gabriela

auto escola brandao

whatsapp ilheus 24hs
janeiro 2017
D S T Q Q S S
« dez   fev »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: 15/jan/2017 . 22:23

REBELIÃO MAIS VIOLENTA DA HISTÓRIA DO RN TEM 26 MORTOS, DIZ GOVERNO

G1

Polícia faz revista em presos no RN. Foto: Adriano Abreu/Tribuna do Norte).

Polícia faz revista em presos no RN. Foto: Adriano Abreu/Tribuna do Norte).

Vinte e seis presos morreram na rebelião da Penitenciária de Alcaçuz que já é a mais violenta da história do Rio Grande do Norte. Quase todos foram decapitados. O motim começou na tarde de sábado (14) e terminou 14h depois já na manhã deste domingo (15). Este já é o terceiro caso de dezenas de mortes em penitenciárias no país em 2017 – no começo de janeiro ocorreram os massacres no Amazonas e Roraima.

Mais cedo, havia sido divulgado que 27 presos morreram, mas, segundo o governo do estado, um deles foi computado duas vezes por que alguns corpos foram esquartejados e dois foram carbonizados.

Os corpos foram levados para o Instituto de Técnico-Científico de Polícia (Itep) para que seja feita a identificação, mas, por questões de segurança, seguiram de lá até o quartel da PM. Um caminhão frigorífico foi alugado para armazenar os corpos enquanto não acontece a liberação para os sepultamentos. Além disso, legistas do Ceará e da Paraíba foram deslocados para ajudar no trabalho de identificação. Alguns presos, além de decapitados, também foram esquartejados.

A identificação dos corpos deve acontecer a partir da manhã de segunda-feira. Nenhum dos mortos foi identificado por enquanto.

ILHÉUS: PREFEITO DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA NA SAÚDE

Mario-Alexandre-300x256

Decreto tem validade de 60 dias.

O prefeito Mário Alexandre decretou situação de emergência na saúde de Ilhéus. O decreto tem validade de 60 dias e foi assinado na última sexta (13). Segundo a assessoria do prefeito, o ato baseia-se em relatório de uma comissão responsável por levantar a situação de contratos, bens e serviço.

Segundo a comissão, 23 contratos da área de saúde foram encerrados em 31 de dezembro passado. “A situação tem impedido a continuidade da prestação de serviços”, diz. O desabastecimento afeta toda a rede com a falta de “medicamentos e insumos médicos e odontológicos”.

O prefeito diz que os contratos assinados pelo governo passado “não foram disponibilizados à comissão de transição de governo” nem a equipe técnica “teve acesso às informações em tempo hábil para providenciar a prorrogação desses contratos”. A partir do decreto, o prefeito terá como contratar os serviços na área de saúde por meio de dispensa de licitação.

casinos online no brasil





dom eduardo

lm mudancas

fale conosco













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia