cartaz terreiro

O projeto Teatro no Terreiro – Circulação, Formação e Vivência Cultural em Terreiros de Candomblé passará por três cidades baianas, de 28 de maio a 12 de junho, com diversas ações culturais nos terreiros Matamba Tombeci Neto, em Ilhéus, Ilê Axé Ijexá Orixá Olufon, em Itabuna, e Ilê Ìyá Omi Àse Ìyámasé, em Salvador. Todas as atividades da programação serão gratuitas e destinadas a público-alvo constituído pela comunidade de cada terreiro e demais interessados. A iniciativa tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). 

As atividades começam em Ilhéus , dia 28 de maio,  no terreiro Matamba Tombeci Neto, localizado no Alto da Conquista, com a oficina Vivência, Teatro e Tradição Oral, das 9h às 17 h, ministrada pelo ator, diretor, professor e mestre em artes cênicas, Rafael Morais. Com carga horária de seis horas, a oficina possui 20 vagas disponíveis.

No mesmo dia, às 19h, será apresentado o espetáculo Na Teia de Ananse – Trama da Palavra, com a atriz Tânia Soares, baseado em contos e mitos de matriz africana, que revela a magia dos narradores africanos, os griots. Logo após o espetáculo, se iniciará a Roda de Conversa Griô, que proporcionará ao público momentos de reflexão sobre teatro, tradição oral e vivência cultural, com participação da ialorixá e atriz, Mãe Ilsa Mukalê, do produtor cultural Marinho Santos e dos diretores Rafael Morais e Tânia Soares, do grupo Teatro Griô.

No domingo, dia 29, das 13h às 17h, acontecerá a Oficina de Iniciação à Produção Teatral com 20 vagas disponíveis, ministrada pelo produtor e especialista em Gestão Cultural Elson Rosário. Ele apresentará conceitos, instrumentos e técnicas básicas de produção teatral na criação e viabilização de planos de ação para realização de espetáculos teatrais, tendo o objetivo de contribuir para a formação inicial de novos produtores teatrais em âmbito local.

Como resultado das oficinas, será apresentada a mostra Histórias Griô, ainda no dia 29, às 17h30. E para finalizar a programação do dia, o espetáculo O Caçador de Sonhos, inspirado nos Mitos dos Orixás, no qual o ator Rafael Morais viverá um contador de histórias que faz uso de cantigas, orikis e mitos dos orixás, além de brincadeiras e memórias da própria vida contadas com técnicas de clown e improvisação teatral.

No dia 4 de junho (sábado), às 20h, o grupo volta ao terreiro Matamba Tombeci Neto para encerrar a programação do projeto em Ilhéus, com o espetáculo Histórias de Mãe Beata, do qual a ancestralidade e a sabedoria popular são fios condutores da narrativa. As fábulas trazem à cena os contos da Ialorixá de Cachoeira, Mãe Beata de Yemonjá, registrados no seu livro Caroço de Dendê e em suas tramas, sempre costuradas por músicas e danças.

Em Itabuna, também no dia 4 de junho, a programação se instala no Terreiro Ilê Axé Ijexá Orixá Olufon, situado no Bairro Santa Inês, com realização simultânea da Oficina Vivência, Teatro e Tradição Oral, das 9h às 17h e da Oficina Iniciação à Produção Teatral com Elson Rosário das 13h às 17h.

No dia seguinte, 5 de junho (domingo), às 13h, acontecerá a Mostra de Histórias Griô com alunos das oficinas seguida pelas apresentações de O Caçador de Sonhos às 14h30 e Na Teia de Ananse – Trama da Palavra, às 15h30 e Histórias de Mãe Beata com Grupo Teatro Griô, às 16h30. Logo após as encenações, ocorrerá o debate Roda de Conversa Griô com participação do babalorixá Ruy Póvoas, da mãe de santo e os atores Alba Cristina, Rafael Morais e Tânia Soares.

Capital –  Em Salvador, o projeto prossegue no Terreiro Ilê Ìyá Omi Àse Ìyámasé, no Alto do Gantois, com a realização da Oficina Vivência, Teatro e Tradição Oral no dia 10 de junho (quinta), das 9h às 17h. A Oficina Iniciação à Produção Teatral,com Elson Rosário, será na sexta (11), das 8h às 12h e a apresentação de O Caçador de Sonhos será às 19h. Na sequência, às 19h45, será realizada a Roda de Conversa Griô com a profa. Dra. Vanda Machado, a atriz e produtora cultural Déa Márcia e o ator Rafael Morais e às 20h30 se apresentará o espetáculo  Na Teia de Ananse- Trama da Palavra.

No domingo, dia 12, às 17h, os alunos das oficinas apresentarão a mostra Histórias Griô que será seguida pela apresentação do espetáculo Histórias de Mãe Beata com Grupo Teatro Griô, às 19 h encerrando as atividades do projeto.

Todas as oficinas devem ser feitas mediante o preenchimento de formulário específico que pode ser acessado pela internet no blog http://teatronoterreiro.blogspot.com.br/.

Teatro no Terreiro é uma realização do produtor e gestor cultural Elson Rosário em parceria com o grupo Teatro Griô e com a produtora executiva Nelma Belchote.