WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura ilheus



its brasil







casa melo

agua mineral gabriela

auto escola brandao

whatsapp ilheus 24hs
agosto 2014
D S T Q Q S S
« jul   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: 16/ago/2014 . 12:30

ILHÉUS: ESGOTÃO LEVA RISCO À SAÚDE DE MORADORES DO NELSON COSTA

Foto: Paulo do Rap.

Foto: Paulo do Rap.

Esse esgoto a céu aberto vem, há anos, significando riscos à saúde dos moradores da rua Lírio do Vale, no bairro do Nelson Costa, zona sul de Ilhéus.

O mau cheiro é grande, e a possibilidade de contrair doenças é um fato, pois tal esgoto atrai enorme quantidade de ratos, baratas e mosquitos. Além disso, quando chove, a situação se agrava, pois a água da chuva se mistura com o esgoto, e invade toda a rua.

Segundo moradores, quando questionada sobre a situação, a prfeitura afirma que a culpa é da Embasa. Já a empresa Porto Fino, tereirizada que presta serviços à empresa de saneamento, se esquiva, e aponta a prefeitura como responsável.

Enquanto isso, os moradores seguem correndo risco…

BAHIA: APÓS SURTO, SOLDADO FAZ ALUNO DE CURSO DE FORMAÇÃO DA PM REFÉM

Um policial militar surtou e fez refém um aluno do curso de formação de soldados no 12º Batalhão da PM, em Camaçari, região metropolitana de Salvador, na manhã da sexta-feira (15).

De acordo com a assessoria de comunicação da PM, o soldado já havia sido afastado preventivamente do serviço operacional por causa de problemas psiquiátricos. Ainda segundo a polícia, ele também seria afastado do serviço administrativo.

O Gabinete de Gerenciamento de Crises do Batalhão de Choque, Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), Serviço de Valorização Profissional (SEVAP-PMBA) com dois psicólogos e o advogado do policial foram acionados. Não houve feridos durante a ação.

Após a intervenção da polícia, a situação foi controlada e os policiais militares foram submetidos a cuidados psicológicos.

MEGA-SENA ACUMULADA PODE PAGAR R$ 44 MILHÕES NESTE SÁBADO

mega sena

O sorteio 1.627 da Mega-Sena pode pagar R$ 44 milhões neste sábado (16). Se levar o prêmio sozinho, o ganhador pode ter um rendimento de R$ 266 mil por mês ao investir em poupança, renda equivalente a R$ 9.000 por dia. Se preferir outros investimentos, o sortudo pode comprar 110 imóveis no valor de R$ 400 mil cada um ou uma frota de 338 carros de luxo.

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.626, realizado na quarta-feira (13), e o prêmio de R$ 35 milhões acumulou. Os números sorteados foram: 03 – 05 – 14 – 35 – 43 – 52

Ao todo, 158 pessoas acertaram a quina e levaram R$ 24.628,84. Já a quadra foi feita por 12.451 sortudos, que levaram R$ 446,47 cada um.

MPF PEDE PARA INVESTIGAR SUPOSTO CÁRCERE PRIVADO FEITO POR ÍNDIOS NA REGIÃO

O Ministério Público Federal (MPF) pediu instauração de inquérito da Polícia Federal para apurar suposto crime de cárcere privado praticado por indígenas.

A filha do fazendeiro Raimundo Domingo Santos alega que, desde o dia 9 de agosto, seu pai estaria em cárcere privado no município de Porto Seguro, extremo-sul baiano.

Ele passava por dentro da fazenda Brasília quando teria sido alvo de uma ação indígena chamada “retomada”.

A situação é mais um capítulo de conflitos de terra que acontece entre indígenas e fazendeiros no sul do estado.

Em julho, Rosivaldo Ferreira da Silva, conhecido como cacique Babau Tupinambá, entregou-se a Polícia Federal no último dia 24 após participar de audiência publica em Brasília.

Ele é suspeito de participar do assassinato de um pequeno agricultor em fevereiro do ano passado.

STF NEGA PEDIDO DE COTAS PARA NEGROS EM CONCURSOS DO LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou na sexta-feira (15) pedido do Instituto de Advocacia Racial e Ambiental (Iara) para que seja obrigatória a reserva de 20% das vagas para pardos e negros em concursos públicos do Legislativo e  Judiciário.  Segundo a ministra, a concessão do mandado de segurança significaria interferência do STF no Legislativo.

A Lei nº 12.990/2014 foi publicada no dia 9 de junho e criou a reserva de 20% nas vagas em concursos públicos para pardos e negros em órgãos da administração federal, como autarquias, fundações, e empresas públicas. Ao recorrer ao STF, o instituto alegou que não foi feita justiça social, pelo fato de o Judiciário e o Legislativo não terem sido contemplados pela lei.

Na decisão, a ministra entendeu que cabe ao Poder Legislativo decidir em quais setores a reserva será aplicada. “Tampouco a impetração poderia ser admitida sob o argumento de violação a direito previsto no Estatuto da Igualdade Racial (Lei nº 12.288/2010), pois, como realçado na manifestação do procurador-geral da República, a lei não reserva 20% das vagas em concurso público aos negros, mas apenas a implementação de medidas visando à promoção da igualdade nas contratações do setor público, com a transferência do juízo de sua adequação aos órgãos competentes˜, disse Cármen Lúcia.





dom eduardo

lm mudancas

fale conosco













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia