WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
sesab bahia Neste site
maio 2014
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: maio/2014

ILHÉUS: SEGUEM PROTESTOS CONTRA AUMENTO DE PASSAGEM NO TERMINAL

E segue a onda de protesto em Ilhéus, contra o aumento da passagem dos coletivos. Estudantes fecharam uma das pistas de acesso ao terminal rodoviário local, impedindo a entrada dos ônibus. Um grande engarrafamento se formou na ocasião. A tarifa, segundo decisão do prefeito Jabes Ribeiro, custará, a partir de domingo, R$ 2,60. Foto: Jerbeson Josúe/ Rumas em Notícias.

E segue a onda de protesto em Ilhéus, contra o aumento da passagem dos coletivos. Estudantes fecharam uma das pistas de acesso ao terminal rodoviário local, impedindo a entrada dos ônibus. Um grande engarrafamento se formou na ocasião. A tarifa, segundo decisão do prefeito Jabes Ribeiro, custará, a partir de domingo, R$ 2,60. Foto: Jerbeson Josué/ Rumas em Notícias.

GERALDO SIMÕES E VEREADORES ILHEENSES ACOMPANHAM SUPERINTENDENTE DO DERBA EM VISITA ÀS OBRAS DA NOVA PONTE

visita vereadores
O deputado federal Geraldo Simões (PT), juntamente com os vereadores ilheenses Alisson Mendonça, Lukas Paiva e Fábio Magal, visitaram hoje as obras da construção da nova ponte Ilhéus-Pontal, acompanhando o superintendente do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), Saulo Pontes e engenheiros da Constran, empresa responsável pelo empreendimento.
Na ocasião eles ouviram detalhes da obra, que não possui embaraços ambientais, e cuja previsão para o término é de dois anos, além de detalhes dos benefícios que tal propiciará para o desenvolvimento urbanísitico local.
A construção da nova ponte está orçada em mais de R$ 165 milhões e facilitará o tráfego diário de cerca de 8.500 veículos.

À COMUNIDADE ILHEENSE

ELIZABETH ZORGETZ
Elisabeth Zorgetz é ilheense, escritora e membro do Núcleo de História da Dependência Econômica na América Latina - HEDLA.

Elisabeth Zorgetz é ilheense, escritora e membro do Núcleo de História da Dependência Econômica na América Latina – HEDLA.

Não nos resta tempo ou esforço para tornar essa apresentação mais didática. Colocarei, portanto, com exagerada clareza e objetividade, os termos que nos fizeram chegar até aqui, os mesmos que serão de interesse da justiça, se houver. Apesar de toda angústia da impotência frente a tantas injustiças, há algo de feliz que a juventude hoje conheça tanto desse espúrio sistema de transporte público e possa compartilhar esse conhecimento com todos os demais.
A – O edital de licitação divulgado pela prefeitura de Ilhéus não está respaldada num Plano Municipal de Mobilidade Urbana conforme prevê a legislação federal e o PDDU. Nesse plano, deve constar a integração com outros sistemas de transporte, não apena de ônibus, considerando que há leis especificas que regulamentam o uso de calçadas, elevadores, bicicletas e outros meios de transporte. O Plano Municipal de Mobilidade Urbana deve integrar todos os meios de transporte para tornar eficiente e eficaz o sistema de ônibus na cidade. Além disso, é necessário investir em alternativas tecnológicas que sejam racionais e não prejudiciais ao meio ambiente.
B – A existência da Câmara de Compensação Tarifária, prevista em Edital, é questionável, uma vez que não se conhece qualquer traço de sua atuação e composição.  É necessária a existência de fundo de recursos, criado por lei, destinado a garantir a manutenção do equilíbrio econômico-financeiro entre os custos das empresas e a sua remuneração, que viabilize um interregno mais dilatado entre os ajustes tarifários, e que revele um maior potencial de assegurar a modicidade da tarifa.
C – A incompatibilidade dos dados entre planilhas revela que as empresas estão, efetivamente, auferindo receitas indevidas, a título de remuneração pela depreciação da frota, mediante a utilização de veículos cuja parcela depreciável já tenha sido integralizada.
D – No Capítulo 7 do C.C. da empresa São Miguel, a Clausula 40 e da Via Metro, Clausula 41 coloca “se durante a vigência do termo de concessão forem criados novos tributos, encargos sociais e trabalhistas e acidentários, ou modificadas as alíquotas dos atuais, ou ainda, concedidas ou revogadas isenções de forma a, comprovadamente, aumentar ou diminuir os ônus decorrentes do termo de concessão, serão revistos de IMEDIATO os valores correspondentes a esses itens nas fórmulas de cálculo dos custos, após a confirmação oficial, a fim de adequá-las a essas modificações ocorridas, quaisquer diferenças delas decorrentes, sem que caracterize atraso de pagamento. Ou seja, há uma contradição APARENTE no contrato, uma vez que o mesmo veda efeitos retroativos sobre a tarifa, além de não respeitar as desonerações tarifárias atuais.
E – As planilhas de custos e receitas apresentadas pelas empresas ViaMetro e São Miguel em três momentos (pedido de reajuste em 2013, consulta pública em 2013 e pedido de reajuste em 2014), não apresentam qualquer desconto das desonerações aplicadas desde janeiro de 2013. Considerando apenas duas delas, a redução da tarifa poderia ser de até 17 centavos. São elas:

:: LEIA MAIS »

ALUNOS FECHAM PISTA EM PROTESTO CONTRA AUMENTO DE PASSAGEM EM ILHÉUS

Alunos da escola estadual Paulo Américo interditaram a avenida ACM, no Malhado, nas proximidades do Parque Infantil, em protesto contra o aumento da passagem. O reajuste entra em vigor a partir de amanhã, passando para R$ 2,60. Foto: Ilhéus da Depressão.

Alunos da escola estadual Paulo Américo interditaram a avenida Ubaitaba, no Malhado, nas proximidades do Parque Infantil, em protesto contra o aumento da passagem. O reajuste entra em vigor a partir de domingo (1º), passando para R$ 2,60. Foto: Ilhéus da Depressão.

PARA ADVOGADOS E MAGISTRADOS, SAÍDA DE JOAQUIM BARBOSA NÃO DEIXARÁ SAUDADES

BarbosaA notícia da antecipação da aposentadoria do ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi bem recebida por diversas entidades do âmbito jurídico brasileiro. Quando a notícia foi divulgada, os presidentes das seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) estavam reunidos em Recife (PE).
Os advogados chegaram a propor que a festa da noite desta quinta-feira (29) fosse em homenagem à aposentadoria do ministro. De acordo com o Conjur, a Associação dos Juízes Federais (Ajufe) disse que a “magistratura não sentirá saudades de Joaquim Barbosa”.
Os colegas de toga de Joaquim Barbosa no Supremo também não se espantaram com a decisão. A Casa, sempre que alguém se despede, faz discursos elogiosos. Dessa vez, a fala foi amena, conduzida pelo ministro mais antigo do tribunal, Marco Aurélio, que de improviso, disse que “a cadeira do Supremo Tribunal Federal tem envergadura maior”, declarou, “mas devemos reconhecer que a saída espontânea é direito de cada qual”. O colega de Corte, Luís Roberto Barroso, em tom de humor, afirmou que “quem se beneficia com a aposentadoria do ministro Joaquim Barbosa sou eu. Ser o primeiro a votar é um abacaxi!”.
Nem mesmo Cezar Peluso, conhecido como um dos membros mais duros do Supremo recebeu tal tratamento. O presidente da Ordem, Marcus Vinicius Furtado Coêlho não deu declarações públicas sobre a saída de Joaquim Barbosa. O anúncio oficial da aposentadoria foi feito por Joaquim Barbosa durante a sessão plenária do STF nesta quinta. Ele deixa o cargo no fim de junho. “Afasto-me não apenas da Presidência, mas do cargo de ministro”, informou.

:: LEIA MAIS »

PROFESSORES DE ILHÉUS PARAM NO DIA 6 DE JUNHO

Decisão foi tomada após assembleia realizada na quarta-feira.

Decisão foi tomada após assembleia realizada na quarta-feira.

Os trabalhadores em educação da rede municipal de Ilhéus realizaram na manhã da quarta-feira (28), uma assembleia na câmara de vereadores para discutir, dentre outros assuntos, a Campanha Salarial 2014 e a decisão do prefeito Jabes Ribeiro de cortar o ponto dos servidores que participaram das paralisações.
A categoria decidiu realizar uma nova paralisação no próximo dia 06 de junho, com caminhada pelas ruas de Ilhéus, em sinal de protesto contra a falta de diálogo do governo, que insiste em não conceder o piso salarial anual para os professores, como manda a legislação, e o reajuste anual dos demais trabalhadores em educação.
Também ficou decidido em assembleia que os trabalhadores continuarão participando das caminhadas nos bairros organizada pela comissão de pais de alunos em apoio aos profissionais de educação. A próxima caminhada realizada pelos pais será no próximo dia 10 de junho, às 14:30h, no Banco da Vitória, com uma concentração em frente ao colégio Herval Soledade. Já foram realizadas caminhadas no centro da cidade, no bairro Teotônio Vilela e no distrito de Lagoa Encantada.
Com relação ao desconto nos salários dos dias em que os trabalhadores em educação participaram de assembleia, a APPI/APLB-Sindicato já está entrando com um mandado de segurança solicitando que a justiça determine a ilegalidade do ato praticado pelo prefeito e reembolse aos servidores os valores descontados. Também ficou mantida pelos trabalhadores a decisão tomada em assembleias anteriores de só trabalhar nos dias de sábado se o governo municipal efetuar o pagamento de horas extras, já que com o calendário apresentado pela Secretaria de Educação, haverão apensa 30 dias de férias.
Os trabalhadores em educação decidiram que cumprirão o que determina a legislação que garante o tempo de quatro horas semanais para a realização de planejamento e que esse trabalho será feito sempre às quintas-feiras. Como os alunos não poderão ser dispensados, caberá então ao governo municipal encontrar alternativas para não prejudicar os estudantes.

CALOTE CONTRA FUNCIONÁRIOS DE ESCOLAS ESTADUAIS, DENUNCIA LEITOR

Em contato com a nossa redação, um leitor denunciou que os funcionários dos colégios estaduais de Ilhéus, contratados através do sistema de prestação de serviço temporário, pela empresa Delta, estão praticamente trabalhando em regime de escravidão.
Segundo o denunciante, a Delta deu baixa na carteira de trabalho dos citados servidores no dia 31 de março. Porém, a direção da Direc 6, pediu para que eles continuassem trabalhando, pois afirmaram que o estado assumiria o pagamento dos vencimentos. Só que, de acordo com o leitor, até o exato momento, após dois meses, não há nenhuma previsão de pagamento.
Com essa situação, são centenas de pais de família, que executam serviços imprescindíves ara o funcionamento das escolas, sem receber salário, com contas atrasadas, faltando comida em casa, etc. E sempre, quando reclamam, ouvem a justificativa: Esperem.
Lamentável, para não dizer coisa pior.

CONSIDERADO OFENSIVO CONTRA AS MULHERES, COMERCIAL COM COMPADRE WASHINGTON VAI SAIR DO AR

CORREIO
CW
A propaganda com Compadre Washington do site de classificados “Bom Negócio” será retirada do ar por conta de reclamações. O colunista Lauro Jardim, da Veja, divulgou que o comercial precisaria passar por modificações por orientação do Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar).
O problema é que o Conar recebeu reclamações de cerca de 50 pessoas que se sentiram ofendidas  com a expressão “ordinária”, muito usada pelo É o Tchan do cantor, e que começa a ser dita na propaganda. O órgão julgou que a expressão extrapolou o limite do bordão e considerou o anúncio “desrespeitoso” para as mulheres.
Na propaganda, um casal está na piscina de uma casa quando o Compadre Washington aparece em um aparelho de som. “Eta, mainha! Danada! Que abundância, mermão! Assim você vai matar papai, viu? Esse aí é seu marido? Sabe de nada, inocente! Vem, vem, ordiná…”. A palavra é cortada antes do fim, com o rosto do cantor desaparecendo.
A empresa tem dez dias para entrar com recurso contra a decisão – o Bom Negócio disse que aguarda a notificação do Conar para tomar providências. A propaganda pode continuar sendo exibida na internet.

ELENCO DO COLO-COLO PODE COMEÇAR A SER DESMANCHADO

COM INFORMAÇÕES DO REPÓRTER PAULO CÉSAR COUTINHO
Foto: Fábio Bonfim.

Foto: Fábio Bonfim.

Em entrevista concedida à rádio Baiana, o empresário Márcio Cerqueira, detentor do passe de 10 jogadores do elenco campeão do Colo-Colo, afirmou que seus atletas têm ótimas propostas de clubes do estado, mas que, até o momento, a prioridade é da equipe ilheense.
Dos jogadores pertencentes ao empresário e que atuaram no Tigre, a maioria já retornou para Feira de Santana, e, os que ainda se encontram na cidade, aguardam para receber parte dos salários, e o bicho prometido pela diretoria pelo título estadual.
Do elenco campeão do Colo-Colo, o maior salário era camisa 10, Peixoto, que recebia R$ 2.500. O meia tem o passe pertencente ao empresário.
Ainda na entrevista, Cerqueira, que também é pastor evangélico, ainda afirmou que o futebol baiano, mais precisamente o de Feira de Santana, receberá uma grande notícia.

NOVA PONTE: TRABALHOS PROSSEGUEM EM ILHÉUS

No momento, estão sendo reaizados serviços de montagem e fundação da Ponte do Pontal em Ilhéus começaram na quarta-feira (28) a nova ponte será construída sobre o Rio Cachoeira, é um prolongamento da BA-001 e terá extensão de 497 metros. O empreendimento beneficiará cerca de 170 mil habitantes da região, facilitando o tráfego diário de 8.580 veículos, além de contribuir com o desenvolvimento das atividades econômicas do local, que têm por base a agricultura e no turismo.

No momento, estão sendo realizados serviços de montagem e fundação da obra, orçada em mais de R$ 165 milhões. A nova ponte beneficiará cerca de 170 mil habitantes da região, facilitando o tráfego diário de 8.580 veículos, além de contribuir com o desenvolvimento das atividades econômicas do local, que têm por base a agricultura e no turismo.



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia