WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa sesab bahia Neste site
maio 2014
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



JABES CORTA SALÁRIOS DE TRABALHADORES QUE FIZERAM PARALISAÇÃO

Jabes.

Jabes.

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, determinou o corte no ponto e o desconto dos dias em que os trabalhadores em educação que fizeram paralisação. Por conta disso, a APPI/APLB-Sindicato, Delegacia Sindical Costa do Cacau, convocou todos os trabalhadores em educação da Rede Municipal de Ilhéus para uma assembleia extraordinária para discutir não somente a Campanha Salarial 2014, como também a decisão arbitrária do prefeito.
A assembleia será nesta quarta-feira, dia 28, às 9 horas da manhã, na câmara de vereadores. “Vamos juntos discutir quais as medidas que serão adotadas para garantir os direitos dos trabalhadores em educação da rede municipal. Essa luta é de todos nós”, afirmou a presidente da APPI, Enilda Mendonça.

4 respostas para “JABES CORTA SALÁRIOS DE TRABALHADORES QUE FIZERAM PARALISAÇÃO”

  • Bicarbonato de Sódio da Silva - Chupa essa! says:

    O reizinho dos cacauais Sul baianos, grande introdutor do “absolutismo democrático” na gestão política de Ilhéus está com a corda toda! Ele pode! Tanto pode que até determina onde e quando vai cortar o que quiser!
    Eta povinho frouxo! O meu ele não corta nem come. Sou Unabomber, sou espada e mais, não sou daqui.
    Quem ainda tiver pregas por aqui, que as resguarde. Vem tora da grossa pra vocês! Comecem logo a choramingar… Quem sabe ele se apiede? Quem não chora não mama, não faz greve, não recebe reposição salarial… Fica em casa lamentando.

  • Jabes@ says:

    Sou a favor do corte de salário, pois a greve virou um instrumento para o servidor público estender o período de férias. Sou a favor de greve, mas como último elemento, em casos extremos e com pautas claras de negociação. O servidor público deve compreender que jamais um funcionário do governo terá elevados salários (algo somente possível na iniciativa privada, mas com os riscos decorrentes).
    Sou a favor de uma gestão transparente, da privatização de alguns órgãos públicos (principalmente no ensino superior), da terceirização dos serviços para desonerar o governo e eximir o mesmo de responsabilidades, da previdência privada com um teto adequado aos cofres públicos. Por isso, acredito que o Brasil será melhor com Aécio Neves e com a política do FHC. Imagine o quanto o Brasil poderia economizar privatizando o ensino superior. As instituições privadas dariam conta do recado e o governo poderia auxiliar aqueles sem condições com um empréstimo. Sou a favor da posição do PSDB, na figura do saudoso ex ministro de educação (era FHC) Paulo Renato de Souza com a proposta de introduzir cobranças de mensalidade nas instituições superiores de ensino, ao que a universidade estadual do Pernambuco já faz com sucesso (mérito para o candidato Eduardo Campos). Portanto, professores antes de reivindicarem aumento de salário devem buscar qualificação e competência ….e trabalhar (cumprir a jornada de trabalho). Talvez parte dos comentários acima ofenda algumas pessoas, mas peço que cada leitor reflita bem antes de falar besteira. Estou contigo Jabes!!

  • marcelo says:

    O piso salarial é lei nacional e precisa ser cumprido.

  • sylinha says:

    jABES@ O ÚNICO CARA QUE ESTÁ ABRINDO A BOCA PRA FALAR MERDA AQUI É VOCÊ E DEVERIA PENSAR MELHOR ANTES DE OFENDER O POVO E OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS,ACHO Q VC NÃO PRECISA REFLETIR PORQUE A PROPINA QUE VOCE DEVE RECEBER PARA COMENTAR ESSAS COISAS JÁ É O SEU CALA BOCA.E AINDA SE DISPÕE DO SITE PRA FAZER PROPANGANDA POLÍTICA……NINGUEM ETSÁ COBRANDO NADA QUE NÃO QUE LHE SEJA DIREITO…..:P

Deixe seu comentário



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia