Representantes das entidades empresariais de Ilhéus apresentaram ao prefeito Jabes Ribeiro o programa Comércio Total, um plano de ação integrada com o objetivo de fortalecer a atividade comercial e de serviços no município. Na oportunidade, o prefeito declarou que a Prefeitura vai apoiar o projeto de todas as maneiras possíveis. “Tenho uma visão da importância do comércio e  compromisso com a cidade. O projeto está conceitualmente trabalhado e acho que pode ser melhorado. Creio que essa iniciativa representa um passo qualitativo”, disse.
O prefeito Jabes Ribeiro fez também uma explanação sobre a situação financeira do município e as ações que o governo vem empreendendo para retomar a capacidade de investimento em políticas públicas, a exemplo da redução do índice da folha de pagamento de pessoal para adequação à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e um programa de incremento da arrecadação de tributos próprios. Disse que a sociedade precisa estar unida e que tem feito apelo às entidades representativas dos servidores municipais para uma ação conjunta que evite demissões na categoria.
O encontro do prefeito com os empresários locais, realizado na manhã da sexta-feira, dia 16, contou com as presenças do vice-prefeito e secretário de Indústria e Comércio, Carlos Machado (Cacá), do secretário de Cultura, Paulo Atto, dos presidentes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), da Associação Comercial (ACI) e do Sindicato do Comércio (Sindicom), respectivamente, Paulo Ganem, Nilton Cruz e Antonio Costa, além da diretora do Sebrae, Claudiana Figueiredo, e do diretor da TV Santa Cruz, Adriano Martins.

Participaram também empresários que representam os núcleos comerciais que estarão integrados ao programa, localizados no Centro, Malhado/Avenida Itabuna, Nelson Costa/Urbis, Teotônio Vilela e Nossa Senhora da Vitória/Ilhéus II. “Esta é uma característica fundamental do Comércio Total, descentralizar, integrar e fortalecer os núcleos comerciais que se desenvolvem no contexto da cidade”, afirmou o presidente da CDL, Paulo Ganem.
A apresentação foi feita pela representante do Sebrae, Claudiana Figueiredo. Ela ressaltou que o programa está baseado nas premissas que envolvem a união e ação integrada dos comerciantes, o despertar da consciência social e ambiental, a capacitação da mão de obra, como uma espécie de pacto, com a participação do Poder Público. Segundo disse, “a concepção é uma caminhada para a conquista da autonomia das entidades empresariais.”
Crescimento – A diretora do Sebrae afirmou que o setor de comércio e serviços é o que mais cresce no país em termos de atividade econômica. “Hoje, esse segmento representa 67 por cento da economia do Estado e é o que mais emprega desde o ano de 2003. Em Ilhéus, representa 76% do total de empregos com carteira assinada, segundo o Caged, órgão do Ministério do Trabalho. São 20 mil empregos diretos e formalizados no município”, declarou.
 A finalidade do programa consiste em estimular o desenvolvimento do comércio, serviços e da indústria, através do fortalecimento dos centros comerciais dos bairros, por meio de atividades que contemplem ações essenciais à competitividade dos pequenos negócios e promova a cidade de Ilhéus como centro comercial de referência no Sul da Bahia.
O programa envolve todas as campanhas de promoção do comércio nos períodos já tradicionais (Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Liquida Ilhéus, entre outros), premiação de seis automóveis, 60 vale-compras de R$ 500 e seis tabletes. Inclui também a realização de cursos, palestras, oficinas de treinamento e a colaboração permanente em ações de preservação e valorização do meio ambiente.