trabalho escravo 2
A Bahia é o quarto estado em que mais foram registrados resgates de trabalhadores em condições similares a de escravos. Apenas em 2013, 135 pessoas foram encontradas nessa situação. A informação faz parte do balanço divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego na manhã desta quarta-feira (14).
De acordo com o MTE, ao todo, foram resgatados 2.063 mil trabalhadores em situação similar a escrava em todo país, sendo que 1.068 estavam no meio urbano. O primeiro estado no número de casos é Minas Gerais, com 446 pessoas resgatadas, seguido de São Paulo com 419 e Pará com 141. O MTE afirma que o órgão fiscalizou 27.701 mil pessoas.
As atividades com maior incidência de casos foram construção civil (849), agricultura (342) e pecuária (276). Com a descoberta dos casos, o MTE afirma que foram pagos mais de R$ 8 milhões a título de verbas rescisórias e foram lavrados 4.327 autos de infração.