À direita, prefeita fiscaliza de perto obra em estrada.

À direita, prefeita fiscaliza de perto obra em estrada.

Só em 2014, quase 30 km de estradas da zona rural já foram recuperadas em Barro Preto. A ação faz parte do programa de recuperação de estradas rurais do município, ação totalmente custeada por recursos próprios, pois desde o governo anterior, que recebeu cerca de 600 mil reais e não prestou contas, a cidade não recebe recursos externos para esse fim.
A prefeita Jaqueline Motta acompanhou, nesta semana, o andamento do serviço e pediu para acelerar o processo de recuperação. O que tem atrapalhado as atividades são as chuvas. 
Esta semana foi concluída a estrada que dá acesso a Fazenda Almirante. Ontem (quinta, 20) e hoje (21), homens e máquinas vão recuperar os trechos de Tabocal e Bom Jardim. A partir da semana que vem, as estradas vicinais da BA-120 que corresponde a região da Lutadora, Cabana da Ponte, Boqueirãozinho, Itu e Mangabeira serão recuperadas.
Aproximadamente 25% da população reside, trabalha e estuda na zona rural do município e necessita de boa estrada e condições para escoar a produção.
Anilson Pereira (Nissinho), servidor municipal, que coordena o programa de recuperação de estradas rurais, garantiu que 15 dias de estiagem é o suficiente para concluir os trabalhos.