geraldo-simoes-8O deputado federal Geraldo Simões comemora o que chama de “uma semana muito produtiva” de seu mandato para o sul da Bahia. O parlamentar ressalta a importância de medidas tomadas pela presidenta Dilma que vão garantir o clima de segurança na região de conflito entre indígenas e produtores, com a prorrogação da Garantia da lei e da Ordem (GLO), e do encarreiramento dos técnicos agrícolas do Ministério da Agricultura, o que beneficia diretamente os agentes de atividades agropecuárias da Ceplac. Essas duas ações tiveram sua intervenção direta em Brasília e na Bahia, junto ao governador Jaques Wagner.
“A região estava temendo a volta da violência, mas a manutenção da GLO vai resolver isso. No caso dos técnicos agrícolas, a presidenta Dilma Roussef assinou o Decreto nº 8.205 de 2004, que foi publicado hoje, dispondo sobre as atribuições dos Cargos de Atividades Técnicas de Fiscalização Federal Agropecuária. Isso vai garantir uma carreira para essas categorias de servidores públicos, de nível intermediário, que poderão planejar suas vidas com mais segurança, inclusive, os que estão em vias de se aposentar”.
Geralde concedeu entrevista, nessa sexta-feira, ao radialista Cacá Ferreira, da Difusora AM, e ressaltou a importância de ações do governo federal no sul da Bahia, lembrando que esse é o momento de maior investimento por aqui nos últimos 50 anos. “Antes, só víamos os investimentos e o desenvolvimento sendo direcionados para Salvador e Região Metropolitana. Hoje, há uma democratização, novo porto de Ilhéus, na ferrovia Oeste-Leste e o novo aeroporto. Isso ocorre também na área da educação, com as diversas universidades federais, incluindo a nossa, sendo implantadas no interior”.
O deputado destacou, também, que a obra da barragem do rio Colônia, em Itapé, que ja deveria ter sido inaugurada em fevereiro, vai ser retomada em breve, a partir de nova licitação que já está sendo feita no governo estadual, após um desacordo entre a construtora responsável e o governo. “Vou continuar na luta para que essa obra seja concluída o quanto antes, por será de grande importância para nossa população, assim como também para a atração de novas indústrias e ainda para ajudar na despoluição do rio Cachoeira”.