TRANSFORMAÇÃO
A transformação da pop star nigeriana Denica é particularmente inquietante. Nas fotografias, aparece sua mudança radical: ela passou de um marrom saudável para um branco pálido, usando sua própria marca de clareamento de pele, um creme chamado Whitenicious.
O produto cosmético controverso lhe trouxe muitas críticas por causa do que ela representa, mas a cantora tem apenas uma resposta para silenciar seus críticos: “Eu não me importo, porque são eles que estão me trazendo dinheiro.”.
Whitenicious é vendido como um removedor de manchas escuras e clareia a pele eficazmente em apenas sete dias. O creme se tornou bastante popular na África Ocidental, onde algumas mulheres estão simplesmente obcecadas com a cor de sua pele. E de acordo com Denica, ela não acha que está incentivando as pessoas a mudarem, está apenas dando às meninas o que elas querem.
“Essas meninas não estão somente tentando clarear a pele. Elas estão apenas tentando se livrar de pequenas coisas que estão fazendo com que se sintam desconfortáveis, sabe?”, disse, referindo-se às manchas escuras.
Denica também tentou se justificar, explicando que muitos de seus clientes são afro-americanos, e não africanos. Os críticos não estão aceitando sua explicação também. Ela foi especialmente criticada por mudar o seu próprio tom de pele como uma jogada de marketing. Seu antes e depois nas fotos mostram uma transformação quase inacreditável.
Muitas pessoas sentem que o que ela está fazendo é fundamental para promover o auto-ódio entre os jovens africanos negros. Quando o produto foi lançado em janeiro, uma pessoa chegou a responder no Twitter: “Este creme #whitenicious de vocês é uma abominação e cria mais insegurança entre as mulheres em todo o mundo.”.
Entretanto, parece que a pop star não está muito preocupada com isso. “Quando você tira a foto e você coloca em comparação com uma foto minha mais escura, é isso que você está dizendo às pessoas: que o produto realmente funciona. E adivinhem? As pessoas realmente querem comprá-lo. É o que é. Eu realmente não me importo”, ela admitiu.
Denica também é rápida em apontar que a maioria das mulheres não usaria Whitenicious para mudar seu tom de pele completamente, por conta do seu alto preço. O pote pequeno custa em média R$ 130 e o grande, R$ 320. “Eu não consigo ver ninguém gastar todo esse dinheiro para branquear toda a sua pele”, disse. “Tenho clientes que chegam na loja e compram coisas de mais de R$ 4 mil? Sim, eu tenho. Eu pergunto-lhes o que eles querem fazer com ele? Não, eu não me importo, pois é o dinheiro deles, é como eles querem gastá-lo.”.
Ela nem parece muito preocupada com a possibilidade do creme ser canceroso. Quando avisada sobre isso, se mostra completamente imperturbável: “Mas adivinhem? O ar que você respira lá fora faz com que você tenha câncer. Tudo no mundo faz com que as pessoas tenham câncer”.