WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas Neste site
fevereiro 2014
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

:: 20/fev/2014 . 18:27

FESTIVAL GASTRONÔMICO SERÁ REALIZADO EM DOIS CIRCUITOS NO PONTAL

Durante encontro realizado na última terça-feira (18), em Ilhéus, no restaurante Manjericão, na avenida Lomanto Júnior, no Pontal, foi apresentada oficialmente a planta arquitetônica do Festival Gastronômico da Mata ao Mar, uma das iniciativas do Projeto Pontal Criativo.
Além do secretário municipal de Turismo, Alcides Kruschewsky, a sétima reunião sobre o tema também foi prestigiada pelos representantes do Movimento Pontalense de Cidadania, Henrique Abobreira e José Rezende, a representante do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Cláudia Iglesias, além de moradores, lideranças comunitárias e proprietários de bares e restaurantes.
Previsto para ser realizado no período de 12 a 22 do mês de junho, o evento será aberto no Dia dos Namorados e será encerrado no domingo subsequente ao Feriado de Corpus Christi (quinta-feira, dia 19). De acordo o esboço da planta apresentada, o Festival Gastronômico terá dois circuitos integrados: o primeiro no “L” compreendido entre as ruas Coronel Pessoa e Hermínio Ramos (trecho conhecido como Passarela do Álcool) e o segundo situado no “L” entre a Lanchonete Larika, na avenida Lomanto Júnior, e a Fundação-Universidade Livre do Mar e da Mata (Maramata), na avenida Litorânea Sul.
O Festival Gastronômico da Mata ao Mar, que acontecerá em diversos bares e restaurantes localizados nos dois circuitos do evento, será enriquecido por apresentações culturais, concurso do melhor prato e cozinha-show com espaço para degustação gastronômica, além de estandes para a realização da Feira Criativa do Pontal, evento integrado de artes e negócios. “A ideia inicial é montar a feira na Praça São João ou nas proximidades da Maramata”, adianta o ex-vice-prefeito do município, Henrique Abobreira.
:: LEIA MAIS »

COM SEDE INSACIÁVEL DE CARGOS, PP PODERÁ COMPOR CHAPA DE OPOSIÇÃO PARA GOVERNADOR DA BAHIA

O deputado federal Mário Negromonte (PP) e o pré-candidato a governador da Bahia, Geddel Vieira Lima (PMDB), se reuniram para, supostamente, selar o pato.

O deputado federal Mário Negromonte (PP) e o pré-candidato a governador da Bahia, Geddel Vieira Lima (PMDB), se reuniram para, supostamente, selar o pacto.

Não é novidade nenhuma que o PP é um partido adesista e desprovido de ideologia. Seja lá quem for que estiver no comando, eles estarão lá, como espécies de sanguessugas, parasitando cargos e indicações, para colher as consequentes benesses políticas.
Orgulham-se do passado carlista e, mesmo compondo (até segunda ordem) as fileiras da base de sustentação do governador Jaques Wagner e da presidente Dilma, não fazem questão de esconder que são espécies de estranhos no ninho.
Prova disso é a postura dos militantes progressistas de Ilhéus, por exemplo, que, mesmo mamando nas tetas do estado, através de cargos dados pelo PT, não pestanejam em exalar o seu esquizofrênico anti-petismo a qualquer custo.
Segundo informações do site Bahia Notícias, interlocutores do PMDB “confidenciaram” que o pré-candidato à governador Geddel Vieira Lima, e o seu irmão, o deputado estadual Lúcio, teriam se reunido com o deputado federal Mário Negromonte (PP) e o atual presidente dos progressistas na Bahia, o deputado estadual João Leão, para tratar de um possível pacto entr as duas legendas na eleição para governador do estado.
Além disso, de acordo com o site, nessa quinta (20), ocorreu outro encontro entre Geddel e Negromonte.
O Bahia Notícias ressalta que a desavença dos pepistas com Wagner teria duas provas: A ausência dos parceiros no encontro feito com integrantes da bancada da maioria na Assembleia Legislativa para discutir a Proposta de Emenda à Constituição e a briga que o partido tem travado internamente no Palácio de Ondina para ocupar mais espaços.
O site confirmou que, de fato, o PP tenta mudar o comando do Detran, atualmente sob a batuta do major Maurício Botelho, e reaver a Companhia de Desenvolvimento Regional (CAR), cujo titular, Vivaldo Mendonça, é indicado do deputado federal Luiz Argolo, que migrou para o Solidariedade no ano passado.
Haja fome.

PAÍS CRIOU MAIS DE 29 MIL VAGAS DE EMPREGO FORMAL EM JANEIRO

No primeiro mês deste ano, foram criadas 29.595 vagas de emprego formal no país, com expansão de 0,07% em relação a dezembro de 2013. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego, em janeiro, foram admitidas mais 1.778.077 pessoas e demitidas 1.748.482, o que resultou no saldo de quase 30 mil novos postos com carteira assinada.
O resultado apresentou basicamente a mesma dinâmica de janeiro de 2013, quando haviam sido criados pouco mais de 28 mil vagas. O mês de janeiro ano passado e o deste ano foram os dois mais negativos desde a crise de 2009, quando foram fechados mais de 101 mil postos de trabalho formal. No mesmo mês em 2010, 2011 e 2012, a criação de postos de trabalho superou a casa dos 100 mil – 181,4 mil; 152 mil e 118,8 mil, respectivamente.
Os destaques positivos no mês passado foram os setores da indústria de transformação (38,5 mil), construção civil (38 mil) e do setor de serviços (24,6 mil). O destaque negativo foi o comércio, que fechou mais de 78 mil vagas – o que acabou contrabalançando o resultado positivo dos outros três setores.
De acordo com o Ministério do Trabalho, a perda de dinamismo no comércio ocorreu principalmente nas áreas varejista de artigos de vestuário e de acessórios e de produtos alimentícios. “Em novembro e dezembro, há contratação acima do normal devido às festas de fim de ano. O pessoal [contratado temporariamente] é sempre dispensado em janeiro, historicamente”, explicou o ministro Manoel Dias, ao comentar o mau desempenho do comércio em janeiro.
No resultado por regiões, tiveram melhor desempenho o Sul, com mais 39,8 mil postos, e destaque para Santa Catarina, e o Centro-Oeste, que criou 15,4 mil vagas. Tiveram desempenho negativo as regiões Nordeste (-10,6 mil) e  Norte (-7,8 mil).

BANCO DE SANGUE DA SANTA CASA DE ITABUNA LANÇA CAMPANHA PARA REFORÇAR ESTOQUE NO PERÍODO DO CARNAVAL

Para doar sangue basta ter entre 16 e 69 anos, ter mais de 50kg e estar alimentado.

Para doar sangue basta ter entre 16 e 69 anos, ter mais de 50kg e estar alimentado.

O Banco de Sangue da Santa Casa de Itabuna (SCMI) lança nesta sexta-feira (21) uma campanha em parceria com instituições, com o objetivo de atrair doadores para reforçar o estoque de sangue para o período do Carnaval e também pós-festejos, quando aumenta a demanda principalmente por transfusões.

A Campanha também conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Itabuna, através das Secretarias de Trânsito e Saúde. “Será disponibilizado um ônibus nesta sexta e sábado, dias 21 e 22, para que faça o transporte de doadores até o Banco de Sangue”, informou Rosildo Ribeiro, captador de doadores da SCMI.

Nesta sexta-feira contarão com o transporte os moradores dos bairros Lomanto, São Caetano e Santo Antônio, com saída das sedes da Igreja Universal do Reino de Deus. Já no sábado, será feito o transporte da Avenida do Cinquentenário e bairro de Fátima. “A expectativa é de que cerca de 300 bolsas de sangue sejam coletadas durante a Campanha”, informou Rosildo Ribeiro, ressaltando a necessidade de doadores principalmente dos tipos O e A fator RH Negativo.

Para doar sangue basta ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis), ter mais de 50kg e estar alimentado. É importante não ingerir alimentos gordurosos. Mulheres podem doar sangue a cada 90 dias, e homens a cada 60 dias. O Banco de Sangue da Santa Casa de Itabuna funciona no prédio anexo ao Hospital Calixto Midlej Filho, de segunda a sexta-feira das 7h às 17horas e aos sábados das 7 às 13 horas.

ILHÉUS: ESGOTO E FEDENTINA INSUPORTÁVEL NO BAIRRO SÃO FRANCISCO

Foto enviada por um leitor.

Foto enviada por um leitor.

Em contato com a nossa redação, um morador do bairro São Francisco, zona sul de Ilhéus, mais precisamente na rua L, do loteamento Santa Felicidade, afirmou que lá, um esgoto que corre livremente a céu aberto, está causando muitos transtornos para a comunidade.
Segundo ele, a fedentina é grande e o problema se arrasta há quase cinco meses, atraindo muitos ratos, baratas e uma quantidade absurda de mosquitos, obviamente, levando riscos à saúde dos moradores e de quem se aventurar passar no local.
Em dias de chuva a situação se complica ainda mais, pois a água da chuva se mistura com o esgoto, aumentando ainda mais o perigo das pessoas contraírem vários tipos de doenças.
Eis uma missão para a Embasa e a secretaria municipal competente.

FACULDADE DE ILHÉUS GRADUA TERCEIRA TURMA DE NUTRICIONISTAS

Professores e diretores da Faculdade de Ilhéus com os novos nutricionistas da Faculdade de Ilhéus. Foto: Valério de Magalhães.

Professores e diretores da Faculdade de Ilhéus com os novos nutricionistas. Foto: Valério de Magalhães.

Centenas de pessoas prestigiaram a cerimônia de colação de grau da terceira turma de bacharéis do curso de Nutrição da Faculdade de Ilhéus, realizada no último sábado, dia 15. Presidida pelo diretor geral da instituição, professor Almir Milanesi, a solenidade aconteceu no auditório Professora Adélia Melo, no campus da própria Faculdade, localizado no bairro São Francisco, zona sul da cidade.
A cerimônia de formatura contou com as presenças de Fátima Frisso, representante do Cesupi (Centro de Ensino Superior de Ilhéus), da diretora acadêmica, Sandra Milanesi, da professora, coordenadora do curso e paraninfa da turma, Juliana Argolo da Silva, além do secretário acadêmico, Paulo Castro.
A oradora da turma foi Tâmara de Oliveira França, que falou sobre a trajetória dos formandos durante o curso e das conquistas da ciência da Nutrição. A formanda Sônia Simone Costa dos Anjos leu o requerimento de colação de grau e Ticiane Ribeiro Silva conduziu o juramento.
Na oportunidade, o diretor Almir Milanesi falou da história de onze anos da instituição e da satisfação pelo curso de Nutrição – único na cidade, ter obtido o reconhecimento do Ministério da Educação. Ele destacou o desempenho dos alunos durante o curso e a importância das atividades de extensão que são realizadas diretamente com a comunidade local e de outras cidades da região.
Nutricionistas – A turma de nutricionistas foi formada apenas por mulheres. São elas: Camilla dos Anjos Alves, Fabiana Brasileiro Dominiense dos Santos, Fabiane Moraes França, Jaldélia dos Santos Ferreira, Jane Ennys Pereira dos Santos, Jaqueline Farias das Chagas, Juliana Fermo Bozzetti, Larissa Caldas Carvalho Barbosa, Luciana Alves dos Anjos Aquino, Marilia Silva Farias, Priscila Polon Rocha, Renata Carvalho Batista Santos, Roziene Lima da Hora Silva, Silvianne Prates Oliveira, Sônia Simone Costa dos Anjos, Tâmara de Oliveira França e Ticiane Ribeiro Silva.

PELA INTERNET ILHEENSES SE MOBILIZAM PELA CASSAÇÃO DE JABES

fora jabes
Através das redes sociais, ilheenses estão sendo convocados a assinarem um abaixo-assinado, com o objetivo de pressionar os vereadores para que eles votem pela cassação do prefeito Jabes Ribeiro (PP).
O pedido foi encaminhado à presidência do legislativo ilheense na sessão dessa quarta-feira (20), pelo vereador Alisson Mendonça (PT), líder da oposição na casa.
Na ocasião, o vereador mostrou ao plenário o erro primário cometido pela administração jabista: ter permitido que Cacá, então gestor em exercício, assinasse o orçamento anual do município sem que os vetos tivessem sido analisados pela câmara, como manda a lei.
O deslize foi continuado por Jabes, que executou, e continua executando, o orçamento sem a apreciação do legislativo.
Caso a presidência da câmara aprove a abertura do processo de cassação, caberá aos parlamentares decidirem ou não pelo afastamento do prefeito.
Porém, a base de sustentação do jabismo é maioria, e, somente com a pressão popular, os vereadores situacionistas poderão votar pela cassação. E uma das formas de exercer essa pressão, é justamente com o citado abaixo-assinado.
Se interessou em engrossar o coro pelo fim do jabismo?
Clique Aqui e veja como assinar.

GERALDO SIMÕES COMEMORA OS 57 ANOS DA CEPLAC E DESTACA PARCERIAS

Deputado Federal Geraldo Simões

Deputado Federal Geraldo Simões.

O deputado federal Geraldo Simões registrou na tribuna do Congresso Nacional os 57 anos da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira – CEPLAC, que estão sendo comemorados hoje (20). O deputado não fez apenas um pronunciamento formal, “Quero comemorar a instituição da qual sou integrante e dedico grande parte de minha vida, pois nela atuo desde 1977, há 37.anos. Foi nela que travei grandes batalhas políticas nas épocas tristemente lembradas do governo militar. Fui perseguido, fui demitido, mas voltei à instituição e nela continuei minha vida profissional e militância. Sempre o papel da instituição superou o caráter utilitário imediato que os grupos vinculados ao poder ditatorial quiseram impor-lhe”.
Para Simões, “os técnicos e funcionários da CEPLAC souberam priorizar sua vocação profissional e a instituição não só sobreviveu como seguiu prestando um relevante serviço para o desenvolvimento da cultura cacaueira e a agricultura brasileira”. A CEPLAC foi criada em 20 de fevereiro de 1957 com o objetivo de apoiar a cacauicultura com pesquisa, extensão rural e apoio técnico agrícola. Sua atividade aumentou a produtividade e criou as condições para a criação de milhares de empregos diretos nos seis estados do Brasil onde atua: Bahia, Espírito Santo, Pará, Amazonas, Rondônia e Mato Grosso.
Geraldo Simões destacou ainda que “mais recentemente a Ceplac tem tido uma atuação destacada no PAC do CACAU, como foram chamadas as diversas providências para a renegociação da dívida dos produtores de cacau e as medidas para agregação de valor na produção agrícola, particularmente em nossa região do Sul da Bahia”.
:: LEIA MAIS »

PROFESSOR DÁ AULA DE VENEZUELA E PASSA PITO NA GLOBO, EM PLENA GLOBO

PRAGMATISMO POLÍTICO
Professor Igor Fuser é doutor em Ciência Política pela USP.

Professor Igor Fuser é doutor em Ciência Política pela USP.

O professor de Relações Internacionais da USP José Augusto Guillon e a apresentadora Mônica Waldvogel, do programa Entre Aspas, da Globonews, chegaram ao limite da gagueira, na última terça-feira (18), durante debate a respeito da crise na Venezuela com a participação do professor e jornalista Igor Fuser, do curso de Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC (UFABC). O debate começa dirigido, ao oferecer como gancho para a discussão a figura de Leopoldo López, o líder oposicionista acusado de instigar a violência nos protestos das últimas semanas, e preso ontem. (Assista aqui)
Diz a narração de abertura: “Ele é acusado de assassinato, vandalismo e de incitar a violência. Mas o verdadeiro crime de Lopez, se podemos chamar isso de crime, foi convocar uma onda de protesto contra o governo de Nicolás Maduro. Protestos seguidos de confrontos que deixaram quatro mortos e dezenas de feridos”. E segue descrevendo que a violência política decorre da imensa crise no país – inflação, falta de produtos nas prateleiras, criminalidade em alta. Ainda no texto de abertura, na voz de Mônica, o governo é acusado de controlar a economia e a Justiça, pressionar a imprensa e lançar milícias chavistas contra dissidentes. E encerra afirmando que Leopoldo Lopez, na linha de frente, reivindica canais de expressão para os venezuelanos, e abrem-se as aspas para Lopez: “Se os meios de expressão calam, que falem as ruas”.
Do início ao fim do debate, com serenidade e domínio sobre o assunto, Igor Fuser leva a apresentadora e o interlocutor às cordas desde o início. Reconhece as dificuldades políticas do presidente Nicolás Maduro e a divisão da sociedade venezuelana. Mas corrige os críticos, ao enfatizar que o país vive uma democracia, e opinar que a campanha liderada por López é “golpista”, ao ter como mote a derrubada do governo legitimamente eleito com mandato até 2019.
:: LEIA MAIS »

PAIS DORMEM AO RELENTO PARA MATRICULAR FILHOS EM ITABUNA

Segundo secretária, todos os alunos serão matriculados em colégios próximos de onde moram. Foto: reprodução.

Segundo secretária, todos os alunos serão matriculados em colégios próximos de onde moram. Foto: reprodução.

Reportagem da TV Santa Cruz, levada ao ar na manhã desta quinta (20), mostra a dificuldade enfrentada por pais de alunos que buscam vaga na rede estadual de ensino em Itabuna. 
Por causa da extinção de turmas da quinta série na rede municipal e a não abertura de novas vagas, os alunos precisariam ser matriculados nas escolas do Estado. O problema é, segundo a reportagem, que a rede estadual também não ampliou a oferta para essas turmas.
A situação levou pais de alunos a dormirem na fila em busca de vagas. Segundo o autônomo Harã de Oliveira, a peregrinação em busca da matrícula para seu sobrinho se arrasta desde janeiro.
A coordenadora da Direc, Rita Dantas, explicou que está sendo feito esforço para abrigar todos os alunos da quinta série, mas que a matrícula desses estudantes é de responsabilidade do município. Já a secretária de educação de Itabuna, Dinalva Melo, afirmou à reportagem que não há risco de alunos ficarem foram da sala de aula.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia