Foto: Moisés Pacheco

Foto: Moisés Pacheco

Após publicação no Ilhéus 24h, do desabafo de uma mãe, que sofre ao sair com seu filho e tentar usar rampas especiais para cadeirantes ou estacionar em vagas exclusivas, um outro flagrante foi registrado e enviado à nossa redação por um leitor.
A demonstração de irracionalidade dessa vez foi no estacionamento do G Barbosa, no Pontal. Destaque que um dos veículos estacionados é um táxi (o Uno branco à direita da foto). Ou seja, um condutor, que deveria ser exemplo de respeito às leis de trânsito, mas que nesse caso demonstrou não ser digno de estar autorizado a guiar um.
Agora, imaginemos que uma pessoa estacione na vaga da praça desse táxi. Com certeza ele não iria gostar e obrigaria tal pessoa a retirar o veículo de lá.
Dois pesos, duas medidas?