RAIO LASER
Há uma avaliação geral no governo Jaques Wagner segundo a qual um dos motivos pelos quais Rui Costa pode se tornar favorito à sucessão estadual é o fato de a campanha baiana ser provavelmente muito morna, diferentemente de outras em que candidatos começavam a empolgar o eleitorado mesmo antes de se definirem pela disputa.
“Tradicionalmente, em campanha morna quem leva a melhor é o governo”, diz um petista bom de voto que vem se mantendo firme na política baiana há mais anos.
Aliás, o mesmo político acha que, quando o governador entrar na campanha de fato, o que deve ocorrer no próximo ano, o cenário vai mudar favoravelmente a Rui.