WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
novembro 2013
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



A BABILÔNIA CHAMADA PRAIA DO “CRISTO”

Local se converteu em caos convencionado.

Local se converteu em caos convencionado.

Isso foi o que afirmou um dos nossos leitores, em contato com a nossa redação. Segundo ele, no último fim de semana, ao perceber que o clima estava propício para um aprazível banho de mar, resolveu se dirigir à praia do Cristo, já que é a mais próxima de onde reside.
Chegando lá, para a sua surpresa, teve o desprazer de se deparar com um verdadeiro pandemônio convencionado: carros com sons altíssimos, veículos circulando na praia e lanchas a menos de 10 metros da faixa de areia, colocando a vida dos banhistas em risco.
Para completar o quadro babilônico, a cerveja comercializada no local, segundo o leitor, com preços absurdos, sendo que na citada praia não há banheiros químicos, obrigando as pessoas a terem que fazer suas necessidades onde acharem mais adequado.
Ainda de acordo com o nosso leitor, falta policiamento e fiscalização, o que, diga-se de passagem, em se tratando de Ilhéus, não é nenhuma novidade.
“É deprimente um turista chegar e ver uma cena dessa. Lamentável”, finalizou.

8 respostas para “A BABILÔNIA CHAMADA PRAIA DO “CRISTO””

  • Alexandre Neto says:

    Acredito que o problema maior ainda é a questão dos resíduos produzidos pelos consumidores das “barracas” sem qualquer tipo de estrutura. Todo lixo é descartado na praia. Várias vezes acompanhei “Badaca” fazendo a limpeza em toda extensão da praia e não somente em sua área de abrangência. O problema se estende na praia da Avenida, onde os praticantes de esportes após consumirem os mais variados tipos de produtos, principalmente bebidas, após a prática de suas atividades, descartam as embalagens no espaço de utilização pública. Falta consciência e educação para essas pessoas. Cadê os órgãos de fiscalização do município, só existem em setores que geram arrecadação de verbas?

  • Dominique says:

    O verão chegou e as mesmas queixas de anos anteriores vão se repetindo…. mas mudar não vai nada as mais que os problemas da cidade sejam publicadas. Já expressei a minha indignação com a população daqui antes e vou repetir aqui:
    Todos os anos podem ler as mesmas queixas, mais dos nativos do que dos visitantes, todo mundo reclama, mas já sabemos que não adianta nada. Não vamos poder contar com os governantes daqui para melhorar a situação e para tornar Ilhéus e suas lindas praias mais agradáveis e organizadas.
    A única coisa que nos resta em vez de reclamar e ir à luta cada um de nos por iniciativa própria. Comerciantes, ambulantes, hoteleiros e todos os nativos daqui deveriam se preocupar mais com o meio que vivem e manter o mesmo limpo e organizado. Se cada um faz a sua parte e respeita a natureza e o próximo, teremos uma Ilhéus muito mais bonita. Isso vai se refletir na satisfação tanto dos nativos quanto dos visitantes.
    Não é tarde, o verão está somente no inicio, e ainda a tempo de cada um de nos participar para uma melhora da nossa linda (porem mal cuidada) cidade.

  • fala serio says:

    minha gente , ilheus 90 klm de praia , não ta bom vá a outra ali vai quem gosta de som . quanto a questão dos detritos orgânicos a merda das casa da sapetinga é toda jogada no rio que corre pra praia ali , e ai ,

  • Pedro Costa says:

    Olha não tenho procuração para defender ninguém, mas estava lá neste domingo com minha família e havia uma pick-up com um som altíssimo incomodando a paz de todos e logo após algumas horas chegou uma equipe da prefeitura num uno branco com o pessoal da fiscalização e uma viatura da policia militar, logo após o som ficou baixinho, até comentei com minha esposa. e no cristo era horrível mesmo mas melhorou 100% moradores podem confirmar, o setor da fiscalização da prefeitura esse ta fazendo seu papel pelo menos eu presenciei. temos que criticar e elogiar, inclusive gostaria de saber quem é o chefe deste setor que está de parabéns.Abração a todos.

  • ScsCosta says:

    Mais uma prova que a nossa orla nao tem um suporte nem estrutura para os banhista e eventuais consumidores, tal como, ambulantes e prestadores de serviços que buscam de uma forma legal ganhar seu merecido dinheiro. Uma orla mais planejada, atenderia a toda necessidade e não geraria tamanho desconfortos. O setor publico junto com os orgão competentes podem criar uma realidade diferente da atual.

  • Diego says:

    Porra nenhuma a praia do cristo n[ao é de vcs rebanho de fi de uma egua!!

    tem que curti mesmo esse lugar lindoo é veerão meu povo!!

    quer silencio vaii pra Roça rebanhon de fi de uma eguaaa

  • Eu mesmo says:

    Na minha opnião, tratam-se de um bando de farofeiros mal educados! Aquilo ali não é gente não! Infelizmente tenho nojo de ir à praia do cristo! Só de imaginar que darei de cara com essa escória porcalhona, me enoja! Latas, sacos de lixo, resíduos, comida, tudo jogado ao longo da praia! Eitaaaa cidade que não desenvolve! E ainda tem essa parcela nojenta da população! (Tanto Ilhéus quanto Itabuna!)

  • Lagarto says:

    Se CRISTO soubesse que a praia estaria assim mudaria o seu nome…

Deixe seu comentário

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia