WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
novembro 2013
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: 20/nov/2013 . 18:30

BAHIA É O ESTADO COM MAIOR INCIDÊNCIA DE DOENÇA FALCIFORME

A Bahia, estado com maior número de negros do Brasil, – são 76,6% de pessoas autodeclaradas, segundo levantamento do IBGE – é, justamente por isso, o que tem maior incidência de pessoas com doença falciforme. De acordo com Maria Cândida Queiroz, coordenadora da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a cada 650 crianças que nascem no estado, uma tem a enfermidade.
Os números proporcionais aos estados que possuem mais afrodescendentes não são simples coincidência. A doença hereditária tem origem africana e atinge, na maior parte dos casos, pessoas negras. Conforme levantamento da coordenadora da SMS, em segundo lugar está o Rio de Janeiro (com 51,7 % de negros), que atinge uma pessoa a cada mil nascimentos e, em seguida, Minas Gerais (53,5%), com um doente para cada mil e quatrocentos.
Conhecida como a doença que provoca fraqueza óssea, os principais sintomas da enfermidade são: anemia crônica, icterícia (cor amarelada na pele e nos olhos) e dores nos ossos, músculos e articulações.
Simpósio – Para discutir novas formas de tratamento e políticas públicas para portadores da doença, o VII Simpósio Brasileiro de Doença Falciforme, que acontece desta quarta-feira, 20, a sábado, 23, terá a presença de cientistas brasileiros, franceses e norte-americanos no Centro de Convenções, em Salvador. 
Presidido por Gildásio Cerqueira Daltro, chefe do laboratório do Hospital das Clínicas voltado para tratar pessoas com a enfermidade, o evento visa dar continuidade às ações do Ministério da Saúde no cuidado, aprimoramento da atenção e inovações tecnológicas normatizadas no Sistema Único de Saúde (SUS), que podem oferecer às pessoas com a doença, longevidade com uma melhor qualidade de vida.
O Hospital das Clínicas, vinculado à Faculdade de Medicina da UFBA, oferece desde tratamentos clínicos até cirúrgicos. Cerca de 60 pessoas são atendidas por mês com idade entre 18 e 40 anos, com problemas cardiopulmonares, neurológicos, ortopédicos e de pele. “O tratamento inicial é feito com células-tronco para regeneração das alterações ósseas”, pontua Daltro, que é professor da Universidade Federal da Bahia.
:: LEIA MAIS »

MAIS DE 300 ANOS APÓS A MORTE DE ZUMBI, O NEGRO AINDA SOFRE DISCRIMINAÇÃO

AGÊNCIA BRASIL
brasil
Comemorado hoje (20), data da morte de Zumbi dos Palmares, o Dia da Consciência Negra deve servir para que os brasileiros reflitam sobre a desigualdade, a intolerância e o preconceito ainda existentes na sociedade. É o que revela nota técnica do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) ao mostrar, por exemplo, que, em Alagoas, os homicídios reduziram a expectativa de vida de homens negros em quatro anos.
A nota Vidas Perdidas e Racismo no Brasil aponta que, além de Alagoas, estados como o Espírito Santo e a Paraíba concentram o maior número de negros vítimas de homicídio. ““Enquanto a simples contagem da taxa de mortos por ações violentas não leva em conta o momento em que se deu a vitimização, a perda de expectativa de vida é tanto maior quanto mais jovem for a vítima”, revela o estudo.
Os autores Daniel Cerqueira e Rodrigo Leandro de Moura, ambos da Fundação Getulio Vargas (FGV), analisaram até que ponto as diferenças nos índices de mortes violentas de negros e não negros estão relacionadas com questões como as diferenças econômicas, ao racismo e de ordem demográfica. “O componente de racismo não pode ser rejeitado para explicar o diferencial de vitimização por homicídios entre homens negros e não negros no país”, concluiram os pesquisadores da FGV.
Considerando o universo dos indivíduos vítimas de morte violenta no país entre 1996 e 2010, o estudo mostra que, para além das características socioeconômicas – escolaridade, gênero, idade e estado civil –, a cor da pele da vítima, quando preta ou parda, aumenta a probabilidade do mesmo ter sofrido homicídio em cerca de oito pontos percentuais.
“O negro é duplamente discriminado no Brasil, por sua situação socioeconômica e por sua cor de pele”, dizem os técnicos. No estudo, eles concluem que essas discriminações combinadas podem explicar a maior prevalência de homicídios de negros quando comparada aos índices do restante da população.
Coincidentemente, Alagoas, líder de mortes violentas, especialmente o homicídio, contra negros e pardos também simboliza a luta dos africanos escravizados trazidos da África, no século 19, para trabalhar nos canais. A personificação desta luta que, pelos índices apresentados no estudo do Ipea, ainda perdura é Zumbi dos Palmares. Alagoano de nascença e natural de União dos Palmares, Zumbi – duende na língua do povo Banto, de Angola – liderou o maior quilombo do país.
Aos 7 anos, em 1670, ele foi capturado por soldados e entregue ao padre Antônio Melo, responsável por sua formação. Com o passar do tempo, Zumbi, batizado na Igreja Católica com o nome de Francisco, fugiu para o Quilombo dos Palmares onde impressiona os demais escravos fugidos de fazendas de engenho pela sua habilidade em lutas. Aos 20 anos, ele já tinha se tornado o maior estrategista militar e guerreiro, responsável pela derrota imposta pelos quilombolas na luta contra soldados fiéis ao império português.

CURSO DE BRIGADEIRO GOURMET EM ILHÉUS

curso
Interessado em aprender as técnicas para a produção de um doce brasileiríssimo e bastante apreciado, além das dicas para a sua comercialização?
Tudo isso será possível através de um curso, ministrado pela renomada culinarista Heliana Ferreira, que possui vasta experiência em chocolates e doces finos.
O curso será oferecido no dia 28 de novembro, das 14 às 18h, no espaço Globo Festa, no centro de Ilhéus.
A inscrição custa R$ 50 e inclui material didático e degustação.
Maiores informações através dos telefones (73) 3633-7573 e 9106-8047, ou pelo site http://www.docebahia.com.br.

ELEITO NOVO PRESIDENTE DO TJ BAHIA

Eserval Rocha estava como presidente em exercício do TJ.

Eserval Rocha estava como presidente em exercício do TJ.

O desembargador Eserval Rocha foi eleito presidente do Tribunal de Justiça da Bahia em sessão realizada na manhã desta quarta-feira (20), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Rocha foi eleito por maioria absoluta. Ele recebeu 22 votos, enquanto a desembargadora Lícia de Castro obteve 14 e a desembargadora Ivete Caldas teve 5 votos. O desembargador vai assumir o cargo de direção para o biênio 2014-2015, mas ele já estava como presidente em exercício após o afastamento de Mário Alberto Simões Hirs pelo CNJ. A posse da nova mesa diretora está marcada para o dia 3 de fevereiro de 2014.
A sessão, que contou com a presença de 41 desembargadores, estava marcada para às 8h30, mas começou uma hora de atraso. Antes da votação foi realizada a discussão das pautas do dia e em seguida, um dos desembargadores lembrou da celebração do Dia da Consciência Negra.
Após eleito, o desembargador Eserval Rocha falou com a imprensa sobre os principais desafios da sua gestão. “É um momento de reflexão, cuidado e respeito com o tribunal e com os órgãos censores.  A partir de hoje temos 60 dias para fazer a transação. Com isso vamos saber o que encontrar. Vamos trabalhar, atuar com transparêcia. A prioridade é a prestação judicial”.
Sobre as críticas recebidas pela investigação do presidente afastado do TJ-BA, Eserval Rocha afirmou que prefere aguardar o resultado do julgamento antes de se posicionar. Para o desembargador, os problemas encontrados no Tribubal de Justiça da Bahia são semelhantes aos vistos em outros estados. “São as mesmas dificuldades que se encontram em todo tribunal. São problemas estruturais que também acontecem no Executivo e Legislativo”.

MUNICÍPIOS TERÃO R$ 360 MILHÕES PARA COMBATER A DENGUE

DENGUEO Ministério da Saúde repassará mais de R$ 360 milhões para municípios de todo o país intensificarem o combate ao mosquito da dengue, o Aedes aegypti. A medida foi publicada na edição de hoje (20) do Diário Oficial da União.
Os recursos fazem parte do Fundo Variável de Vigilância em Saúde (PVVS), do Componente de Vigilância em Saúde de incentivo financeiro para a qualificação de ações de vigilância. Dados do Ministério da Saúde apontam que o país já reduziu em 30% o número de mortes por dengue e tem, atualmente, um dos menores índices de mortalidade pela doença nas Américas, com 0,03 óbitos para cada 100 notificações.
Novo mapa da dengue revela que 157 municípios brasileiros estão em situação de risco para a doença, outros 525 em alerta e 633 cidades com índice satisfatório. Os dados fazem parte do Levantamento Rápido de Índice para Aedes aegypti (Liraa), apresentado ontem pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
O levantamento revelou que três capitais estão em situação de risco: Cuiabá, Rio Branco e Porto Velho. Outras 11 – Boa Vista, Manaus, Palmas, Salvador, Fortaleza, São Luís, Aracaju, Goiânia, Campo Grande, Rio de Janeiro e Vitória – apresentaram situação de alerta.

JABES RIBEIRO: UM PREFEITO COLUNÁVEL

Jabes rodeado pela dublê de modelo e alguns puxa-sacos.

Jabes rodeado pela dublê de modelo e alguns puxa-sacos.

Como publicamos há algumas semanas (LEIA AQUI), o prefeito ilheense caiu nas graças do maior colunista social da região, o folclórico Charles Henri.
Durante a posse do novo presidente do TRT 5, em Salvador, o nosso gestor municipal foi clicado por Henri, que o classificou de “elegante”. Isso, convenhamos, sem levar em consideração o terno todo desalinhado que o prefeito trajava na ocasião.
Pois bem, parece que Jabes tomou gosto pelos eventos colunáveis.
Nada de encontros com a população objetivando ouvir suas queixa e anseios. Nada de visitar povoados, distritos e bairros periféricos, bastantes frequentados durante as eleições, para debater as possíveis melhorias para tais localidades.
Nada disso.
Na última terça-feira (19), o prefeito, para alegria dos colunistas sociais, marcou presença no Vesúvio, para o lançamento do blog de uma dublê de modelo, postulante a pseudo celebridade.
Esse é o nosso cada vez mais badalado Jabes Ribeiro, que, a cada dia, vem se mostrando como um verdadeiro dublê de prefeito, postulante ao cargo de pseudo gestor municipal.

CURSO DE JARDINAGEM EM ILHÉUS

jardinagem
A Maramata promove nos dias 9 e 10 de dezembro um curso de jardinagem, que contará com palestras de especialistas na área e disponibilizará material didático gratuito.
As inscrições já estão abertas e continuarão até que as 20 vagas disponibilizadas sejam preenchidas. Para se inscrever, o interessado deve se dirigir à sede da Maramata, na rua Padre Luís Palmeira, s/n, Pontal, munido de carteira de identidade.   
Durante o curso, serão abordados vários temas, como solo, adubação, morfologia vegetal, taxonomia vegetal, plantas tóxicas, aquáticas, e outras. Também serão objetos de atenção as pragas e doenças que atingem os jardins, e ainda forração, arbustos, trepadeiras, palmeiras, árvores, gramados, implantação e manutenção, equipamentos e irrigação de jardins.

MULHER CASA COM CONVIDADO APÓS NOIVO SUMIR DURANTE CASAMENTO

aliança
Mesmo com o noivo sumido, um casamento foi concretizado esta semana na Índia. Isso porque o homem foi substituído por um convidado. De acordo com o Huffington Post, a festa já havia começado, quando a família de P. Ponradha, 23 anos, percebeu que J. Sithiraivelu, 35 anos, tinha desaparecido após uma discussão.
A família de Ponradha entrou em pânico, porque um casamento desfeito naquele momento afetaria a reputação da jovem, de acordo com a tradição indiana. A situação foi resolvida depois que Sivakumar se ofereceu para substituir Sithiraivelu no papel de noivo.

ESCOLA ESTADUAL DO BASÍLIO PROMOVE CICLO DE PALESTRAS SOBRE RACISMO

Tendo em vista o papel fundamental que os educadores e educadoras desempenham, bem como a responsabilidade histórica e social sobre os educandos, o Colégio Estadual do Basílio, realiza durante todo o mês de novembro, o projeto ‘Brasil e África: construtores da nossa história’. Os debates ocorrem hoje, em comemoração ao Dia da Consciência Negra.
Os debates têm foco na diversidade racial da sociedade brasileira e nos dez anos da Lei Federal nº 10.639/2003, que determina a obrigatoriedade da História e Cultura Afro-brasileira no currículo oficial da Rede de Ensino.
Com este trabalho, os educadores provocam interações entre estudantes, funcionários e comunidade com ações de enfrentamento e combate ao racismo e às injustiças sociais.
A ação segue até o próximo dia 7 de dezembro, com um evento no Colégio Estadual do Basílio, a partir das 13 horas.

ITALIANA PROCURA POR TAXISTA EM ILHÉUS

Marta e o taxista por quem procura.

Marta e o taxista por quem procura.

A italiana Marta Mura procura informações e contatos do taxista ilheense Antonio Fonseca Moreira. Em mensagem enviada ao blog, uma amiga da estrangeira conta que os dois se conheceram durante uma visita a Ilhéus e ela quer enviar um presente ao homem.
Informações podem ser passadas pelo facebook da italiana, clicando aqui.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia