"Tiramos a Bahia de uma condição muito ruim, alfabetizando mais de 1,1 milhão de pessoas, com o maior programa de educação do país", afirmou o governador.

“Tiramos a Bahia de uma condição muito ruim, alfabetizando mais de 1,1 milhão de pessoas, com o maior programa de educação do país”, afirmou o governador.

Educação e tecnologia são os temas centrais do 2º Encontro de Prefeitos, que está sendo realizado até quarta-feira (20), no Resort Vila Galé Marés, em Guarajuba, no litoral norte do estado. Além de mais de 350 gestores municipais, o evento, promovido pela União dos Municípios da Bahia (UPB) com o apoio do Governo do Estado, reúne também representantes do governo federal e contou com a presença, na segunda-feira (18), do governador Jaques Wagner e dos ministros da Educação, Aloísio Mercadante, e das Relações Institucionais, Ideli Salvatti.
O governador avalia que “é importante que a UPB reúna os prefeitos para este momento de reflexão, principalmente neste ano tão duro do ponto de vista fiscal. Saídas engenhosas, programas criativos, melhores práticas são sempre importantes de serem compartilhadas”. Wagner falou também do esforço do Estado para continuar melhorando a educação na Bahia. “Nós temos o orgulho de ter tirado a Bahia de uma condição muito ruim, alfabetizando mais de 1,1 milhão de pessoas, com o maior programa de educação do país. E nada disso funcionaria sem a parceria com os prefeitos e com as cidades”.
Segundo ministra Ideli Salvatti, não é somente na educação que os municípios recebem apoio dos governos federal e estadual. “Temos muitas ações na Bahia, que vão desde a mobilidade, como a Via Expressa e o metrô de Salvador, até obras em todos os municípios baianos, sejam de saneamento, de creches, de unidades básicas de saúde, possibilitando a entrega de maquinários como motoniveladoras e outros equipamentos para municípios do semiárido. Então, vamos aproveitar este encontro para aprofundar a relação com os municípios baianos”.