capoeira2O Centro de Convenções Luis Eduardo Magalhães, localizado na avenida Soares Lopes, em Ilhéus, sediará no próximo dia 23, das 8 às 18 horas, o seminário “Salve a Capoeira”. Promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o evento conta com o apoio da Secretaria de Cultura (Secult). A proposta central do encontro é contribuir para o projeto de construção do Plano de Salvaguarda e do Conselho Gestor da Capoeira na Bahia.
De acordo com os organizadores, o evento está aberto à participação de mestres e alunos dos grupos de capoeira da região, além de mestres da cultura popular e segmentos ligados a estas manifestações. Além de Ilhéus, o seminário também acontecerá nas cidades de Feira de Santana e Vitória da Conquista.
Maiores informações podem ser obtidas diretamente na Secult, no calçadão Jorge Amado, ou através dos telefones (73) 3634-8986 e 3634-5281.
Durante o seminário, será apresentada a síntese das discussões realizadas nos eventos Pró-Capoeira, bem como a proposição dos temas que serão objetos de debate nos diversos grupos de trabalho que se formarão no decorrer do dia 23 de novembro. 
Patrimônio cultural do Brasil – A superintendência do Iphan na Bahia realiza este ciclo de seminários com a finalidade de estimular os capoeiristas a se transformarem em protagonistas da formulação de políticas voltadas para a salvaguarda da capoeira. Esta ação objetiva, entre outros aspectos, traçar diretrizes para o plano de Salvaguarda da Capoeira na Bahia, dar encaminhamento à formação do Conselho Gestor da Salvaguarda da Capoeira na Bahia e discutir a regulamentação da profissão de capoeira.  Em 2008, a Roda de Capoeira e o Oficio de Mestre de Capoeira foram registrados pelo Iphan como patrimônio cultural do Brasil.