RAIO LASER
O deputado federal Mário Negromonte (PP) está confiante em que a querela com o PDT em torno da indicação do candidato a vice na chapa com que o PT vai disputar o governo do Estado vai ser sanada tão logo o candidato oficial do principal partido do governo seja definido, no final de novembro.
Até lá, tem dito a amigos, é pura marola.
O PP quer participação na chapa do mesmo jeito que o PDT, caso o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo, não consiga se viabilizar como candidato da agremiação ao governo.
Nilo age como candidato em plena campanha na capital e no interior. E não aceita que lhe digam que não será eleito sucessor de Jaques Wagner em 2014.