WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura ilheus shopping jequitiba Neste site
novembro 2013
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930











SERVIDOR MUNICIPAL, QUE É MEMBRO DO REÚNE ILHÉUS, TEM SALÁRIO CORTADO POR ORDEM DE JABES

shiQual a melhor forma de lidar com os movimento sociais, que lutam por melhorias em suas cidades?
Sentar à mesa e dialogar, buscando ouvir suas reivindicações e procurar soluções?
Bem, definitivamente não é essa a postura do prefeito Jabes Ribeiro, ante os anseios do movimento Reúne Ilhéus.
Até porque a principal pauta do citado movimento, a questão dos preços das passagens dos coletivos e o questionamento ante a lógica que faz com que Ilhéus tenha uma das tarifas mais caras do país, vai de encontro com interesses particulares da atual gestão municipal.
Isso mesmo. Para quem não sabe, a família Carlleto, uma das donas da empresa de ônibus Via Metro, foi uma das principais doadoras para a campanha de Jabes no ano passado.
Ou seja, entregar as documentações exigidas pelo Reúne Ilhéus, é algo que colocará em xeque a lógica exploratória da Via Metro, empresa que Jabes deve grandes favores.
Tomado pelo sentimento de ira, ao ver que as ações e questionamentos do Reúne, somado a outros fatores, estão significando o gradativo aumento da rejeição do seu nome, o prefeito Jabes Ribeiro resolveu utilizar táticas dignas de tiranos totalitários, ao se verem enfrentados e acuados: Tentar prejudicar pessoalmente as pessoas que compõem o citado movimento.
O servidor municipal e membro atuante do Reúne, Shi Mário Schneider, que é fiscal de postura da prefeitura de Ilhéus, está há dois meses sem receber seu salário. Isso, segundo informações do próprio movimento, por ordens expressas do prefeito Jabes Ribeiro e acatada pelo setor municipal de Recursos Humanos.
É a execrável faceta ditatorial e perseguidora do prefeito se evidenciando de maneira covarde e vergonhosa.
São coisas da nossa Ilhéus.

12 respostas para “SERVIDOR MUNICIPAL, QUE É MEMBRO DO REÚNE ILHÉUS, TEM SALÁRIO CORTADO POR ORDEM DE JABES”

  • Lidiane Lima says:

    Ele trabalhou esses dois meses?

  • Vladimir says:

    Peça a ele a folha de frequencia do mês de outubro/2013 e verá o quanto ele é assíduo…

  • JERBERSON JOSUE says:

    Lidiane se é que vc existe mesmo te faço uma pergunta. Todos grevista tiveram seus salarios cortados? TEM GENTE QUE NÃO TEM CORAGEM DE MOSTRA A CARA E ESCONDE POR COVARDIA ATRAS DE FAKERS NA INTERNET.

  • Pedro Costa says:

    Todos sabem que esse Schneider esteve fora das atividades no trabalho, enquanto outros colegas respeitavam e dava um percentual de sua contribuição para o município, enquanto esse cidadão, só queria Oba Oba, já que prega tanta moralidade, aceite o preço não trabalhou!, não recebe. e se não voltar a trabalhar o setor responsável da prefeitura tem que cumprir a lei e não aceitar pressões da mídia trabalha recebe, não trabalhou Justa causa se abandonar o serviço. Valeu os chefes que fizeram cumprir a lei.
    Parece que está a 4 meses sem pregar um prego num mamão.

    • Carol says:

      Você é a prova do quanto uma pessoa se presta para receber um dinheirinho a mais ou puxar o saco de um pistoleiro.. cuidado que nenhuma injustiça fica impune por muito tempo meu caro, e você já que tá aí cheirando o saco do prefeito concerteza pode ir junto, pois nessa politicagem de Jabóquio não há consideração por ninguém, e você peixe pequeno roda loga. Fique esperto e continue a babar o ovo do seu Prefeito justíssimo.

  • Smoke says:

    O cara fica mais de 2 meses acampado na porta da prefeitura sem trabalhar e ainda quer receber salário… Ser funcionário publico é bom demais… Uma piroca pra vc Shi Mário.

  • Leandro says:

    Boa pergunta. Ele trabalhou? Jabes ainda foi legal, pois ele não foi demitido!

  • SAMUEL says:

    E O PREFEITO ESTA TRABALHANDO? FAZ ONZE MESES QUE ELA NÃO FAZ NADA PELA CIDADE.

  • Rosangela says:

    È a cara dele ser vingativo e frio este cara que se diz prefeitinho

  • Rafael says:

    Todos os Servidores Públicos Municipais no ano de 2013 ficaram exatamente 2 meses sem trabalhar (em greve) só depois dos 2 meses que a justiça exigiu que 50% da educação e saúde e 30% das demais categorias retornassem. E todos inclusive eu que sou funcionário público municipal que participei da greve em luta pelo reajuste salarial que é direito meu adquirido por lei, recebi meus 2 meses sem ter trabalhado, Funcionário em greve legal não tem salário cortado. Nos 100 dias de acampamento do Reúne Ilhéus a porta da PMI o Sr.º Jabes não compareceu para trabalhar um dia se quer e não estava em greve, mas recebeu seus alto salário certinho e se bobear antecipado. Então antes de julgar e condenar vamos nos atentar aos fatos, aos direitos garantidos por lei. Sejamos inteligente e não mais fantoches nas mãos dos políticos que lutam apenas por altas contas bancárias e não pela melhoria da cidade e da população. Fica a dica SENHORES ELEITORES.

  • VEM CÁ.Ele achou mesmo,que a covardia do “coronel”não iria alcança-lo;achou???

  • Ceifador says:

    Esse tal Mario esta atrás é de ibope logo logo vcs iram ver ele como um candidato a algum porra ai pelo PT

Deixe seu comentário



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia