josé-serra-2Se há uma pessoa nesse mundo que ainda acredita que José Serra será mesmo o nome tucano para concorrer às eleições presidenciais do ano que vem, esse alguém é o próprio José Serra.
Esbanjando sinais de que está em busca de viabilizar o seu nome para 2014, o ex-governador de São Paulo, embora seu companheiro de partido Aécio Neves já esteja em pré-campanha, diz que o martelo sobre o nome só vai ser batido depois de março.
Numa análise sobre o possível cenário eleitoral, o tucano destaca a chance de o ex-presidente Lula ser o candidato do PT nas eleições. “Se o partido perceber que existe risco maior com a Dilma, não tenha dúvida que eles vão recorrer ao Lula, mesmo que ele não queira e a Dilma não queira”.
Apesar de frisar a confiança na unidade entre o PSDB, DEM e PMDB no pleito, Serra afirma que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), não será cabo eleitoral no ano que vem. “Prefeito tem que se preocupar com a administração do município”, manda recado. O ex-governador defende o nome do ex-prefeito de Mata de São, João Gualberto, como um nome de “talento” para a decisão do Palácio de Ondina.