André Serra.

Nélis Araújo.

A polícia prendeu, na terça-feira (17), José Filho Cavalcante de Souza, 28 anos, acusado de participação no assassinato do delegado André Serra, em 29 de outubro de 2009. Ele foi localizado por uma equipe de investigadores da 7ª Coordenadoria Regional de Policia do Interior (Coorpin/Ilhéus) no povoado de Tremembé, em Maraú, na última sexta-feira (13). 
Segundo o Correio 24h, José Filho foi preso em cumprimento a um mandado de prisão pelo homicídio, mas os policiais também encontraram com ele 2 kg de maconha. De acordo com Aragão, o acusado nega envolvimento na morte do delegado. Ele será transferido para o presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, nesta quarta-feira (18).
O delegado André Serra trabalhava em Ipiaú quando foi morto com dois tiros nas costas no centro da cidade. Dois homens numa moto foram apontados como autores do crime.
José Filho estaria pilotando a moto. Além dele, Magno Nogueira e o delegado José Nelis Araújo foram acusados pelo crime. Magno morreu 12 dias depois em confronto com a polícia, já o delegado responde ao processo em liberdade. 
Os dois se tornaram desafetos por conta da investigação do homicídio do deputado Maurício Cotrim, em 2007. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), André Serra foi morto porque estava investigando situações que incriminavam Nélis, que comandava a 8ª Coordenadoria da Polícia Civil (Coorpin/Teixeira de Freitas).