WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ilheus brindes
agosto 2013
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: 30/ago/2013 . 8:55

REÚNE ILHÉUS CONVOCA ATO PARA ESTA SEXTA

cartaz protesto de hoje
Seguindo o movimento nacional de mobilização, convocado para esta sexta (30), o Reúne Ilhéus agendou novo protesto na cidade. O grupo planeja concentração para às 13h, em frente à prefeitura, onde ainda é mantido o acampamento.
O Reúne reivindica melhorias no sistema de transporte, auditoria nas contas das empresas, que permitiria a redução da tarifa, criação de passe único, troca de ônibus, além da abertura, na câmara, de uma Comissão Especial de Inquérito do transporte público.
PONTE
O ato não fechará a ponte do Pontal. Segundo o Reúne, a caminhada seguirá, desta vez, para a zona norte da cidade.
ÔNIBUS
As empresas São Miguel e Viametro devem, como de costume desrespeitosamente, recolher os ônibus durante o protesto, que não tem hora para acabar.

CEI DO TRANSPORTE SERÁ CRIADA, AFIRMA ALISSON MENDONÇA

Bancada vai tocar CEI do transporte.

Bancada vai tocar CEI do transporte.

Líder da bancada de oposição na câmara, o vereador Alisson Mendonça (PT) confirmou ao ILHÉUS 24H que o bloco oposicionista colocará em pauta a criação de uma Comissão Especial de Inquérito para investigar as empresas de transporte.
Na última quarta (28), pedido semelhante foi rejeitado, por não ter sido feito por, pelo menos, um terço dos vereadores.
Segundo Alisson, são necessárias assinaturas de sete vereadores para criar a CEI, exatamente o número de parlamentares que compõe o bloco de oposição.
O documento de abertura será enviado à mesa direta da câmara já na sessão da próxima terça-feira (03).

EXPEDIENTE NORMAL NA PREFEITURA DE ITABUNA

A Coelba confirmou que a suspensão do fornecimento de energia programada para esta sexta-feira (30) em parte do bairro São Caetano, incluindo a Avenida Princesa Isabel, não afetará o prédio da Prefeitura.
Desta forma, embora a princípio tenha sido divulgado que não haveria expediente no Centro Administrativo Firmino Alves, o funcionamento da Prefeitura será normal nesta sexta-feira (30), a partir das 8 da manhã.

EM NOTA, REÚNE ILHÉUS REPUDIA ATITUDES DA CÂMARA

grupo na camaraMuito já foi dito desde que Ilhéus ingressou, corajosamente, nas jornadas de junho. O REÚNE ILHÉUS construiu sua força e argumento em praça pública, com muitas vozes, cores, sabedoria e emoções transbordantes de cada ilheense que se aproximou para contribuir. Entre esses clamores, estava o posto de saúde sem atendimento, a humilhação do idoso no transporte coletivo, a inacessibilidade do portador de deficiência física, o aluno primário que não teve acesso à escola, o horror dos hospitais, a cidade às escuras, o lixo apodrecendo nas ruas, o jovem aflito sem oportunidades, o trabalhador estrangulado por seu salário, o negro morrendo nos morros, a agricultura familiar esquecida, o indígena alijado pelo estado, as drogas consumindo os homens, os buracos evidenciando o fosso profundo em que nossa cidade se sonega a cada dia.
Se o ilheense é atingido e conhece tal realidade, o que dirá então seus representantes, eleitos por sufrágio legal, vereadores e prefeito. Conhecedores da dura realidade como são, seus esforços em alcançar os mandatos revelam a gana imensurável em sanar os problemas do município. Coerente, não é? SÓ QUE NÃO!
A coerência passou muito longe das atitudes dos eleitos em Ilhéus. Ontem, dia 28 de agosto, o REÚNE ILHÉUS esteve presente na sessão da Câmara de Vereadores, acompanhando a tramitação da denúncia para requerimento de CEI (Comissão Especial de Inquérito), que passaria pela apreciação dos vereadores presentes. O REÚNE ILHÉUS acreditou que os funcionários da casa do povo, mais conhecidos como vereadores, reconhecessem o valor premente de uma investigação do transporte público na cidade, essencial para o esclarecimento sobre as relações atualmente inexplicáveis entre o poder público e as licitantes.
O REÚNE ILHÉUS entende que um comportamento investigatório, comprobatório e transparente é o único caminho possível hoje entre a população e seus governantes. Infelizmente, os nossos vereadores não pensam assim. A Câmara revelou algo que muitos de nós ainda resistiam em acreditar: existe uma oposição que vota, até então, pela justiça social, e uma bancada de governo que vota por Jabes Ribeiro.
Ou seja, existem doze vereadores que exercem seus mandatos cegamente, guiados pelo calor das pretensões de uma gestão autoritária. Nunca governaram para o povo. Não suficiente uma situação constrangedora como essa assistida, o Presidente da Câmara, o vereador Josevaldo Machado, ainda se comporta ditatorialmente, tratorando requerimentos de colegas que se colocam a favor da democratização do andamento da sessão. Para o senhor Josevaldo, o Regimento Interno da casa é maior, muito maior, que a Constituição Federal.

:: LEIA MAIS »

dom eduardo

arquiteto











WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia