Foto: Acorda Cidade.

Foto: Acorda Cidade.

Feira de Santana, assim como Ilhéus e Itabuna, vive uma rotina sangrenta de assassinatos. Ontem (quinta, 22), por volta das 13h30min, foi registrado o homicídio de número 200 na cidade.
O ajudante de pedreiro André Pereira da Silva, 27 anos,  morador do Caminho 25, da Expansão do Feira IX,  foi morto com vários tiros quando descansava, após o almoço,  dentro de um carro.
Ao site Acorda Cidade, a polícia disse que a vítima era conhecida como “André da Bica” e que, segundo populares, ele estava trabalhando em uma construção naquele loteamento.
Segundo a polícia, apesar de este caso não estar relacionado com drogas, a maioria dos casos de homicídios está ligada ao tráfico de drogas.