WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ilheus brindes
agosto 2013
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: 7/ago/2013 . 21:14

AVISO DE ABANDONO DE EMPREGO

Corre “zumzum resenhístico” na praça da prefeitura, ocupada há 23 dias pelo Reúne Ilhéus, sobre um aviso de abandono de emprego por parte do prefeito Jabes Ribeiro.
Desde que o movimento em frente à prefeitura foi iniciado, o prefeito não despacha de lá, seu devido local de trabalho. Frisamos que os jovens acampados não impedem a entrada de ninguém no Palácio Paranaguá.

MENDIGO COM PEDAÇO DE METAL NA PERNA ESTÁ NAS RUAS DE NOVO

mendigo1
Segundo informações chegadas à nossa redação, o mendigo Anderson Andrade de Conceição, que perambula pelo centro de Ilhéus com um pedaço de aço cirúrgico saindo de uma de suas pernas, já se encontra novamente nas ruas.
O leitor afirmou que hoje pela manhã, por volta das 6:30h, o viu nas imediações na igreja universal do centro da cidade.
Como noticiamos aqui no Ilhéus 24h, o morador de rua, apesar da resistência, foi encaminhado pelo Samu para um hospital na última terça-feira (06), a fim de tratar as sequelas de uma cirurgia sofrida em sua perna, que ele não teve o cuidado necessário.

MORENO DO CAPRIXO NEGA TER SIDO PRESO

moreno_no_kaprixxo
Segundo informações do site Plantão Itabuna, o cantor de arrocha Uedson Xavier de Souza, o Moreno do Caprixo, negou ter sido preso na noite dessa terça-feira (06), no momento em que comprava uma arma de fogo na zona norte de Ilhéus.
De acordo com o site, o cantor garantiu que não houve nenhum registro de ocorrência da delegacia de Ilhéus com o seu nome e que a notícia teria sido “plantada” por um desafeto, que tenta lhe extorquir dinheiro sem sucesso.
Ao site, Moreno afirmou que processará os responsáveis por terem espalhado a suposta notícia falsa.

ESTUDANTES DE MEDICINA TERÃO R$ 400 PARA FAZER REVALIDA

AGÊNCIA ESTADO
O governo federal vai pagar R$ 400 para estudantes de Medicina que participarem do pré-teste do Exame Nacional de Revalidação de Diploma Médico (Revalida), condição para reconhecer diplomas de formados em outros países para atuar no Brasil.
O pré-teste será aplicado a alunos de último ano como forma de melhorar a prova, marcada para o dia 25 de agosto. Os pagamentos são comunicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e encaminhados aos coordenadores de cursos das instituições escolhidas para o Revalida.
Ligado ao Ministério da Educação (MEC), o Inep é responsável pela aplicação do exame. Como a participação é voluntária, a preocupação do Inep (e de especialistas) é que houvesse baixa adesão ao pré-teste, ou mesmo boicote, com a possibildiade de não alcançar uma amostra significativa. 
Para receber os R$ 400, os alunos terão de comprovar a participação, com assinatura na lista de presença, e não ter a prova anulada ou nota zero.
O Inep indica que os valores sejam usados para pagar a inscrição em programas de residência, mas não há obrigatoriedade para a finalidade do dinheiro. 
Os incentivos devem custar cerca de R$ 1,5 milhão aos cofres públicos. O pré-teste do Revalida será aplicado a alunos de 32 cursos de Medicina – 17 instituições privadas e 15 públicas.
Com base no número de formandos das instituições selecionadas, cerca de 4 mil alunos devem fazer o exame. A prova será a mesma aplicada aos candidatos diplomados no exterior, mas estudantes brasileiros só farão a parte teórica. As informações de Fernanda Bassete e Paulo Saldaña.

TRIBUNAL DE CONTAS ALERTA OS PREFEITOS SOBRE USO CORRETO DO DINHEIRO PÚBLICO

dinheiro
A falta de projetos básicos em licitações e problemas em convênios e contratos celebrados pelas prefeituras com empresas foram os principais problemas encontrados nas administrações públicas municipais da Bahia. Nos últimos três anos, o Tribunal de Contas da União proferiu 389 condenações em débito, entre gestores, empresas e prefeituras do estado, com valores que somavam mais de R$214 milhões. No mesmo período, foram aplicadas 434 multas entre gestores e empresas, totalizando mais de R$7 milhões.
A partir de informações como essas, o Tribunal de Contas da União passou a realizar o “Diálogo Público – para a melhoria da governança pública” com o objetivo de apresentar os conceitos na administração para o aprimoramento da gestão e tratar de temas como licitações e contratos, convênios, obras e controle interno. Dentro desta ótica foi realizado nessa terça-feira (7/8), no auditório da UPB, a quarta edição do Diálogo Público, promovido pelo Tribunal de Contas da União (TCU), com participação de ministros e conselheiros dos Tribunais de Contas da União, do Estado e dos Municípios. Os prefeitos baianos lotaram o auditório.
Para o presidente do TCU, ministro João Augusto Ribeiro Nardes, o  tribunal, sem abrir mão de apurar a legalidade dos atos administrativos, está buscando atuar de forma mais pedagógica para auxiliar os gestores a adotar medidas que evitem, já na origem, irregularidades que se repetem ano após ano, como sobrepreço, superfaturamento, licitação irregular, falta de projetos básicos ou executivos e inadequados estudos ambientais, que acabam resultando em condenações.
Antes de Salvador, o Diálogo Público passou por Porto Alegre (RS), Belém (PA) e Brasília (DF). As próximas edições serão realizadas, ainda este ano, nas cidades de Recife, Rio de Janeiro, Manaus e São Paulo. O presidente do TCU, Augusto Nardes, em suas palavras, ressaltou que o trabalho do tribunal é exigir rigor com o gasto público. Ao mesmo tempo, enfatizou a importância de prevenir as irregularidades mais recorrentes, que geram condenações. “Para melhorar o desempenho dos administradores públicos, o TCU está investindo em acordos de cooperação com diversos países e em cursos de formação, em parcerias com os tribunais de contas dos Estados. “Estamos trabalhando para que a punição seja a exceção e não a regra”, afirmou.

O VEREADOR CONFUSO

confusoA vida dos vereadores de situação, definitivamente, anda bastante complicada. Vendo de camarote a credibilidade da gestão ao qual dão sustentação na câmara, cair por terra gradativamente e em ritmo galopante, muitos já se preocupam seriamente com a possibilidade de terem suas trajetórias políticas maculadas ao serem associadas ao jabismo.
Um que não esconde o incômodo é o vereador Rafael Benevides (PP).
Ontem, durante a abertura dos trabalhos do legislativo no segundo semestre, Benevides notadamente se perdeu em seu discurso.
Por um lado batia no governo municipal, do outro tentava assoprar. Suava, titubeava, e no final das contas ninguém entendeu qual foi de fato o real posicionamento do vereador.
O citado edil já vem sendo apelidado nos bastidores de Confuso, remetendo a um personagem do programa humorístico Pânico na Band, que não consegue elaborar frases conexas, causando muitos risos em quem o assiste. 

ESTUDANTES SELECIONADOS NO PROUNI TÊM ATÉ HOJE PARA FAZER MATRÍCULA

proTermina hoje (7) o prazo para que os estudantes selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) façam a matrícula na instituição de ensino superior. Além disso, eles deverão comprovar as informações prestadas no momento da inscrição.
O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de ensino superior. A segunda convocação da lista de espera ocorre no próximo dia 12 com prazo para matrícula e comprovação de informações até o dia 15.
Podem concorrer às bolsas do ProUni os estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral. Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser até três salários mínimos por pessoa.
Se inscrevem no programa os estudantes que tenham feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas. É preciso ainda ter obtido nota superior a zero na redação.
Professores da rede pública de ensino do quadro permanente que concorrerem a cursos de licenciatura também podem participar do ProUni. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

MARGINAIS PLANEJAM AÇÕES CONTRA O REÚNE ILHÉUS, AFIRMA SITE

Segundo informações do site Chico Andrade, o movimento Reúne Ilhéus corre sérios riscos de ser alvo da ação de algumas pessoas má intencionadas, que estão sorrateiramente se aproximando do acampamento, em frente à sede da prefeitura de Ilhéus.
Comenta-se que tais “infiltrados”, estejam seguindo ordens de pessoas que se sentem incomodadas com as reivindicações dos manifestantes, e que planejam até mesmo atear fogo nas barracas.
Policiais simpáticos ao movimento já investigam a situação.
Um dos apontados pelos membros do movimento, como uma das pessoas possivelmente má intencionadas, é um cidadão de Ilhéus, apadrinhado de alguns conhecidos políticos locais, famoso por fustigar intrigas e participar de brigas, e que no ano passado foi acusado de pedofilia.
Todo cuidado é pouco nessa hora!

ITABUNA: MÉDICO QUE COBROU POR PARTO SERÁ APENAS ADVERTIDO

Luiz Henrique com o dinheiro para pagar o parto numa maternidade pública.

Luiz Henrique com o dinheiro para pagar o parto numa maternidade pública.

Deram em nada as denúncias referentes ao médico que cobrou 1200 reais para fazer um parto na Maternidade Ester Gomes, unidade pública de Itabuna.
Segundo o G1, o médico Luis Leite, que cobrou pelo serviço já coberto pelo SUS, terá apenas de devolver o valor a Luís Henrique do Espírito Santos, pai da criança que nasceu na última segunda-feira (05).
O parto de seu primeiro filho, conta Luís, só foi feito após o pagamento, mesmo com a sua esposa, uma adolescente de 16 anos, sentindo as contrações.
Ao G1, Leopoldo dos Anjos, diretor administrativo da maternidade, afirmou que o parto pago, feito pelo médico, não foi autorizado pela unidade. 

VALOR DA CESTA BÁSICA CAI EM TODAS AS CAPITAIS

FOLHA
cesta basicaVilões nos primeiros meses do ano, os alimentos apresentam queda generalizada de preço e, agora, empurram para baixo os índices de inflação.
Em julho, o valor da cesta básica caiu em todas as capitais pesquisadas pelo Dieese, fato inédito desde 2007.
Itens retirados momentaneamente dos carrinhos de compra devido ao alto preço, como o tomate e o feijão, tiveram as maiores influências para a queda no mês passado.
“Há muita volatilidade nos preços desses alimentos, que dependem das condições de clima e safra”, diz José Silvestre, coordenador do Dieese.
Historicamente, a maioria dos alimentos “in natura”, como hortaliças e frutas, sobe nos primeiros meses do ano, devido ao excesso de chuvas, e caem na metade, beneficiados pelo clima.
É o que acontece neste momento. Além disso, a colheita de grãos já foi encerrada no país, garantindo boas condições de oferta para soja e milho –ingredientes em muitos alimentos industrializados e na ração de animais.

dom eduardo

arquiteto











WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia