WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pm ilheus Neste site
julho 2013
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  





CÂMARA DOS DEPUTADOS PRORROGA PAGAMENTO DAS DÍVIDAS DO CACAU

geraldo simoes entrevistaA Câmara dos Deputados aprovou, na noite de ontem (quarta, 10), a emenda aglutinava numero 1 da Medida Provisória 610. O dispositivo prorroga  até o dia 31 de dezembro o prazo para renegociação das dívidas do cacau.
A emenda foi proposta pelo deputado federal Geraldo Simões (PT/BA).
“A ampliação permite que os produtores tenham um novo prazo para renegociar as dívidas e obterem os benefícios do PAC do Cacau, como os recursos para investir na recuperação da lavoura cacaueira”, afirma o deputado, que agora vai se mobilizar para que a MP seja  aprovada no Senado e sancionada pela presidente Dilma Rousseff.

2 respostas para “CÂMARA DOS DEPUTADOS PRORROGA PAGAMENTO DAS DÍVIDAS DO CACAU”

  • rodrigo says:

    apesar de vcs não terem a honra de mostrar a verdade da situação, pode moderar meu comentario, mas no face a verdade vai limpinha. obrigado pela desconsideração. ja esperava essa reação partidarista. não é pra menos, associar uma noticia descabida dessas a imagem desse bandido, responsavel pela situação desastrosa da região. por essas e outras atitudes que a mídia tem cada vez menos respaldo e credibilidade junto a sociedade. tenho dito.

  • Dilson Araújo says:

    A renegociação dessa “dívida” jamais contribuirá para a recuperação da região cacaueira baiana, onde mais de 95% são pequenos, que junto com os 250.000 trabalhadores desempregados são as maiores vítimas dessa atrocidade, fazendo cair por terra a falácia de que a vassoura-de-bruxa só atingiu os ricos do cacau (que representam menos de 1%).

    O que chamam de dívida é o resultado da introdução criminosa da vassoura-de-bruxa e do fracasso do programa de recuperação da CEPLAC.

    O crime foi apurado pela Polícia Federal através do inquérito policial 2-169/2006 e também é comprovado através de uma Sindicância e em centenas de documentos (quem duvidar pode colocar o e-mail aqui que eu envio).

    O fracasso da tecnologia recomendada pela CEPLAC é confessado pela própria Instituição em duas NOTAS TÉCNICAS (também disponíveis para quem quiser).

    Diante de fatos tão contundentes, a classe política que diz representar esta região tem o DEVER MORAL de brigar, não pela renegociação de uma dívida que não existe, mas sim pela anulação dessa imoralidade.

Deixe seu comentário



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia