PLANTÃO ITABUNA
Requinte de crueldade.

Requinte de crueldade.

A usuária de drogas Vanusia Silva Pereira, de 29 anos, foi assassinada na madrugada deste sábado (29) em Arataca, com requinte de crueldade. Na cena do crime, em um terreno baldio, a mulher foi encontrada sem as roupas, com uma perfuração no rosto, na altura do olho e uma vara de cana de açúcar introduzida na vagina. De acordo com a Polícia Militar e Civil local, nas primeiras horas da manhã de hoje, populares que encontraram o corpo informaram as autoridades da barbárie praticada.
Fotos você vê no Plantão Itabuna, clique aqui.
O pai da vítima, o senhor Wilson, um trabalhador rural informou para nossa reportagem que, a motivação do crime pode está ligada as “péssimas amizades” que ela andava. Já a polícia, não descarta a possibilidade de um crime passional.
Conforme o perito criminal Paulo Libório, que realizou o levantamento cadavérico com a sua equipe, a morte de Vanusia Pereira teve muita “raiva”, o que aumenta a possibilidade de um crime movido pela paixão.