cartao-bolsa-familia
Será realizado nos próximos dias 25, 26 e 27 deste mês, mutirões para pesagem e vigilância da saúde dos beneficiários do Bolsa Família em Ilhéus.
O programa é parte integrante do Plano Brasil Sem Miséria (BSM), que atende hoje aproximadamente 21.764 famílias na cidade.
Na terça-feira, 25, o mutirão será realizado pela manhã nos conjuntos habitacionais do Minha Casa Minha Vida, próximo ao Banco da Vitória e à tarde no Posto de Saúde do Salobrinho.
Na quarta-feira, 26, atenderá no turno matutino moradores do distrito de Banco do Pedro e da Fazenda Riachuelo e no turno vespertino, na Unidade de Saúde da Família do São José, incluindo a localidade de Itariri
No último dia, quinta-feira, 27, o mutirão desloca-se para a Unidade de Saúde da Família do bairro São Miguel. Para ter acesso aos serviços oferecidos pelo mutirão, é necessário que o titular do benefício compareça com o Cartão do Bolsa Família, documento de identidade e cartão de vacinação dos dependentes
Para que o benefício do Bolsa Família seja plenamente realizado, a família deve estar com as áreas da saúde, educação e assistência social em consonância. Com relação à saúde, as famílias que possuem benefício devem acompanhar a vacinação, pesagem e o desenvolvimento das crianças entre zero de sete anos. Mulheres de todas as idades devem realizar a pesagem também. As gestantes ou lactantes precisam realizar pré-natal para acompanhar a saúde do bebê.
Em relação à educação as crianças na faixa etária de 06 a 15 anos devem ter freqüência escolar mínima de 85%, e os que estão entre 16 e 17 anos devem ter no mínimo 75% da freqüência escolar. No tocante à assistência social, crianças e adolescentes que encontram-se em situação de risco ou em situação de trabalho devem fazer parte de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de programas como Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) e o Serviço de Convivência de Vínculos para Adolescentes (Projovem)  e alcançar freqüência mínima de 85% de participação nos programas.