WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
ilheus brindes
junho 2013
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: 20/jun/2013 . 21:00

ATO REÚNE MILHARES DE ILHEENSES. VEJA AS FOTOS

Manifestantes em frente ao Paranaguá.

Manifestantes em frente ao Paranaguá.

Em Ilhéus, o movimento começou por volta das 15h, em frente ao Teatro Municipal e conseguiu reunir cerca de 5 mil manifestantes, que empunhavam um leque de cartazes e reivindicações.
Com trajeto pré-definido, saíram da praça e pararam em frente ao Palácio Paranaguá, sede do governo municipal. Com palavras de ordem, pediram ao prefeito melhorias no sistema de transporte. Cacauicultores protestaram pelo perdão da dívida.
O movimento caminhou pacificamente até a cabeceira da ponte. A chegada dos manifestantes resultou em engarrafamento no local. Com o fim do ato, por volta das 19h30min, o trânsito se normalizou.
Na página do facebook, o grupo já articula nova reunião para amanhã, onde avaliará o movimento.
O repórter Fábio Bomfim, do ILHÉUS 24H, acompanhou o ato. Clique no Leia mais e confira as fotos.

:: LEIA MAIS »

GRUPO FECHA A PONTE DO PONTAL

Um grupo pequeno que resiste do protesto em Ilhéus nesta quinta fecha, neste momento, o acesso à Ponte do Pontal, única ligação do centro da cidade à zona sul.
A polícia já está no local e a cena pode ser fechada em pancadaria, destoando do movimento pacífico desta tarde.

SETE MIL JOVENS VÃO ÀS RUAS EM ITABUNA. CONFIRA FOTOS

Manifestantes subindo a Avenida JS Pinheiro. Fotos do Ilhéus 24h.

Manifestantes subindo a Avenida Juracy Magalhães. Fotos do Ilhéus 24h.

Concentrados na praça principal do bairro São Caetano, cerca de 7 mil manifestantes caminharam até a saída de Itabuna, durante a tarde e início de noite desta emblemática quinta-feira (20).
Pacificamente, percorreram cerca de 3 quilômetros, com parada obrigatória em frente ao Centro Administrativo. O prefeito Vane não estava. Líderes do movimento foram recebidos por assessores e secretários. Do lado de fora, manifestantes eufóricos ensaiaram uma invasão.
Daí, só cartazes, palavras de ordem, organização e uma pauta extensa.
No carro de som ou nas centenas de cartazes, reivindicações acerca da melhoria do transporte público e pedidos ao prefeito para que não reajuste a tarifa. Também manifestações contrárias à PEC 37, que tira o poder de investigação do Ministério Público, ao estatuto do nascituro, à cura gay, aos gastos do governo com a copa.
Cartazes e palavras de ordem deram o tom do movimento pacífico.

Cartazes e palavras de ordem deram o tom do movimento pacífico.

O movimento se esvaziou a partir das 18h, quando chegou ao fim da Avenida Juracy Magalhães.
De saldo, além do desafio vencido de colocar milhares de jovens na rua, uma reunião com o prefeito foi arrancada para a próxima terça (25).
Mais fotos do movimento em Itabuna você confere clicando no Leia mais.

:: LEIA MAIS »

NINGUÉM PASSA NA PRAÇA CAIRÚ

Foto: Adrian Flores

Foto enviada por um leitor.

Os manifestantes em Ilhéus se concentram nesse momento nas proximidades da praça Cairú, centro.
O trânsito está fechado no local, que é uma das vias com maior fluxo diário de veículos na cidade. 

SINE OFERECE VAGAS DE EMPREGO EM ILHÉUS

Se você procura emprego, fique ligado no Ilhéus 24h. Diariamente, divulgaremos as vagas disponíveis no Sine Ilhéus.
Para tentar um dos postos disponíveis para sexta-feira (21), basta ir à agência da cidade, que fica na sala 13 do SAC, Centro.
É necessário levar carteira de trabalho, RG, CPF e comprovante de residência. O atendimento começa às 07h. Boa sorte.
Assistente de frota
Formação: Ensino Médio Completo
Vaga exclusiva para Pessoas com Deficiência
01 vaga
Carteira de habilitação D
Carregador (armazém)
Formação: Ensino Médio Completo
Vaga exclusiva para Pessoas com Deficiência
01 vaga
Clique no leia mais e confira outras vagas.
:: LEIA MAIS »

ILHÉUS: PONTE INTERDITADA

Foto: Cid Póvoas

Foto: Cid Póvoas

Descumprindo o planejamento inicial divulgado pelos líderes do movimento, o ato de protesto em Ilhéus seguiu para a ponte Lomanto Júnior, a interditando e, consequentemente, causando um enorme engarrafamento.
Policiais Militares nesse momento tentam convencer os manifestantes a liberarem a única via de ligação entre a zona sul da cidade e o centro.
Desde as primeiras horas da tarde dessa quinta-feira, milhares de ilheenses tomaram as principais ruas do centro.
Por enquanto não houve informações de depredações e tumultos.
Clique no “Leia Mais” e veja mais imagens dos protestos em Ilhéus. :: LEIA MAIS »

SUPREMO LIBERA TRAMITAÇÃO DE PROJETO QUE INIBE CRIAÇÃO DE PARTIDOS

Por placar de 7 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou hoje (20) a retomada da tramitação do projeto de lei que inibe a criação de partidos. De autoria do deputado Edinho Araújo (PMDB-SP), o texto impede a destinação de valores extras do Fundo Partidário e de tempo maior de rádio e de televisão a legendas recém-criadas que afiliarem parlamentares de outros partidos. No momento, o ministro Celso de Mello está concluindo a leitura do seu voto. Até o final da sessão, os ministros podem mudar de opinião.
O andamento do projeto foi suspenso em abril por decisão provisória do relator, ministro Gilmar Mendes. Ele entendeu que o projeto era casuístico e ia de encontro ao que o STF decidiu no ano passado em processo que beneficiou o PSD. Segundo o ministro, a proposta objetiva excluir da disputa eleitoral do ano que vem a Rede Sustentabilidade, articulada pela ex-senadora Marina Silva. Com a decisão de hoje, o Senado poderá iniciar os debates sobre o projeto já aprovado na Câmara.
O julgamento foi retomado nesta tarde com o voto da ministra Cármen Lúcia. Ela aderiu à maioria formada nas últimas três sessões pelos ministros Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello. Eles entendem que o Supremo não pode fazer controle prévio de projeto de lei por meio de mandado de segurança.
:: LEIA MAIS »

APÓS APROVAÇÃO DO PROJETO DA “CURA GAY”, ATIVISTA PEDE APOSENTADORIA RETROATIVA POR SER HOMOSSEXUAL

"Se somos doentes, somos inválidos. Logo, temos que nos aposentar', afirmou ativista gay.

“Se somos doentes, somos inválidos. Logo, temos que nos aposentar’, afirmou ativista gay.

Dois dias após a aprovação do projeto da “cura gay” em comissão presidida pelo deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) na Comissão de Direitos Humanos da Câmara , ativistas acharam uma brecha na proposta para reivindicar aposentadoria compulsória por invalidez, já que a homossexualidade teve permissão para ser tratada como doença.
Segundo a “Folha de S. Paulo”, o diretor-executivo do grupo Dignidade, Toni Reis, tomou a frente da iniciativa e foi o primeiro encaminhar o pedido de “aposentadoria compulsória retroativa por homossexualismo” aos ministros Garibaldi Alves (Previdência Social) e Alexandre Padilha (Saúde).
“Se somos doentes, somos inválidos. Logo, temos que nos aposentar”, declara Toni Reis. “Sendo uma dessas pessoas inválidas, devido à minha condição homossexual que é de notório saber, venho por meio deste requerer minha aposentadoria compulsória, com direito a acompanhante especializado, retroativa até o início das primeiras manifestações da minha homossexualidade, por volta do ano de 1970”,  completa o ativista no requerimento.
Toni afirmou à “Folha” que o pedido de aposentadoria é uma forma “risível” de protestar contra a aprovação do projeto e afirma que é uma resposta paga na mesma moeda. “Já que eles querem brincar com a nossa cidadania, nós vamos usar isso [pedido de aposentadoria] de forma muito tranquila”, disse o ativista.

ADIADA VOTAÇÃO DA PEC 37 NA CÂMARA

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), decidiu adiar a votação da PEC 37, inicialmente marcada pelo deputado para o próximo dia 26. Ele anunciou a decisão durante viagem oficial que faz à Rússia.
A Proposta de Emenda à Constiuição (PEC) 37 limita a atuação do Ministério Público e confere às polícias a exclusividade nas investigações criminais. A proposta opõe integrantes do Ministério Público e das polícias. Os primeiros são contra retirar o poder de investigação de promotores e procuradores. Policiais consideram que a Constituição delega às polícias a prerrogativa de atuar em casos relacionados a crimes.
 Nos protestos organizados em diversas cidades do país nos últimos dias, uma das causas defendidas pelos manifestantes é que a PEC 37 não seja aprovada.
 De acordo com a assessoria de Henrique Alves, a votação foi adiada porque o deputado havia marcado para esta semana um encontro de líderes partidários para discutir o tema, mas não houve a reunião por causa da viagem oficial à Rússia. Com isso, a conversa entre os líderes está agendada para semana que vem.
 Henrique Alves afirmou que a votação da PEC 37 deverá ocorrer na primeira semana de julho. Segundo ele, a próxima semana será dedicada a encontrar um “entendimento”.

:: LEIA MAIS »

CONTRA ELE MESMO?

forcaCostumamos comentar por aqui as pérolas jornalísticas que a secretaria de Comunicação da prefeitura de Ilhéus costuma ventilar nos órgãos de imprensa aliados locais.
Isso, vale ressaltar, sem querer desmerecer os excelentes profissionais que lá atuam.
Enfim, vamos à citada preciosidade comunicacional.
Num release distribuído hoje, a secretaria informou que o prefeito Jabes Ribeiro está apoiando as manifestações que ocorrerão em Ilhéus.
Como assim? Será que o comandante do Paranaguá se converteu em uma espécie de suicida político?
Como ele pode apoiar um movimento que tem como principal alvo ele mesmo?
Isso mesmo, pois, para quem não sabe, uma das principais pautas da mobilização em Ilhéus, é protestar contra os desmandos administrativos da prefeitura local.
Logo, seguindo a lógica de raciocínio, ao declarar que apoia as manifestações de hoje, Jabes se evidencia sendo contrário a ele mesmo.
Muito estranho, se não fosse um execrável caso de populismo.
Ou melhor, uma tripudiação à inteligência coletiva.

dom eduardo

lm mudancas

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia